Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento integrado de biorrefinaria e planta de bioetanol de cana-de-açúcar com emissão zero de CO2: rotas para converter recursos renováveis em bioprodutos e bioeletricidade

Processo: 17/23335-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Rubens Maciel Filho
Beneficiário:Elmer Alberto Ccopa Rivera
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/20630-4 - Desenvolvimento integrado de biorrefinaria e planta de bioetanol de cana-de-açúcar com emissão zero de CO2: rotas para converter recursos renováveis em bioprodutos e bioeletricidade, AP.TEM
Assunto(s):Etanol   Bioetanol   Biorrefinarias   Emissão de gases   Dióxido de carbono

Resumo

O principal objetivo desse projeto temático é o desenvolvimento de tecnologias e processos que viabilizarão economicamente a produção de químicos, materiais, combustíveis e eletricidade em biorrefinarias integradas de cana-de-açúcar, objetivando emissões zero de CO2. Tomando-se como ponto de partida a otimização de usinas de primeira geração, o projeto do processo integrado proposto está particularmente focado na produção de açúcares lignocelulósicos da palha da cana-de-açúcar e a conversão de subprodutos dos processos de etanol de 1ª e 2ª gerações (por exemplo, CO2, glicerol, furfural, HMF e ácido levulínico) em químicos de valor agregado, incluindo materiais poliméricos para aplicações médicas. Nesse projeto temático, equipes com pesquisadores de diferentes instituições de pesquisa e laboratórios somarão conhecimento e esforços para promover avanços na produção de etanol no Brasil, assim como a expansão do uso da cana. Os objetivos dessa proposta estão relacionados com o aumento da produção de etanol em combinação com cogeração e meios eficazes de converter a biomassa da cana em etanol e químicos, incluindo aqueles com valor agregado. Estes temas são parte dos objetivos do programa BIOEN da FAPESP. Dessa maneira, o objetivo final dessa proposta é de aumentar a competitividade econômica do etanol no mercado de combustíveis. Diferentes abordagens serão estudadas para aumentar a eficiência da produção do etanol de primeira geração, incluindo as etapas de fermentação e separação, e o gerenciamento de subprodutos. Isto resultará no aumento do volume de bagaço excedente, o qual pode ser utilizado para a produção de etanol e químicos em combinação com a cogeração de energia elétrica. Estas biorrefinarias avançadas irão consequentemente fomentar o setor sucroenergético, expandindo a sua participação no mercado mundial de biocombustíveis. Em um contexto mais amplo, este projeto contribuirá para o treinamento de recursos humanos em diferentes áreas do conhecimento relacionadas a processos de biorrefinaria e desenvolvimento de produtos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
YAMAKAWA, CELINA K.; RIVERAB, ELMER CCOPA; KWON, HYUN; HERRERA AGUDELO, WILLIAM E.; SAAD, MARCELO B. W.; LEAL, JAIRO; ROSSELL, V, CARLOS E.; BONOMI, ANTONIO; MACIEL FILHO, RUBENS. Study of influence of yeast cells treatment on sugarcane ethanol fermentation: Operating conditions and kinetics. Biochemical Engineering Journal, v. 147, p. 1-10, JUL 15 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.