Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da hiperfagia e sua relação com o metabolismo ósseo, composição corporal e leptina sérica de ratas com osteoporose

Processo: 17/22025-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Fernando Augusto Vasilceac
Beneficiário:Júlia Ferreira Custódio
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/00798-2 - A matriz extracelular no envelhecimento, no exercício e no microambiente tumoral, AP.TEM
Assunto(s):Ovariectomia   Osteoporose   Ganho de peso   Ingestão de alimentos   Modelos animais

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a influência do ganho de peso para a osteoporose em ratas ovariectomizadas. Para o desenvolvimento da pesquisa serão utilizadas 12 ratas Wistar, provenientes do Biotério Central da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que permanecerão agrupadas em gaiolas plásticas individuais, com livre acesso a água e ração. Após o período de aclimatação, os animais serão divididos em 2 grupos iguais: Grupo Controle - C (n=6) e Grupo Osteoporose - OS (n=6). O procedimento de ovariectomia bilateral será realizado em apenas seis ratas quando completarem aproximadamente 12 semanas de vida. Será utilizado o equipamento de Densitometria Óssea (DXA - dual-energy x-ray absorptiometry) da marca Hologic (Sistema de densitometria óssea de alta performance - modelo Discovery A - Bedford, MA, USA) para Avaliação da composição corporal, massa magra, massa gorda, percentual de gordura, densidade e composição mineral óssea. E com o intuito de avaliar a eficácia alimentar das ratas pós ovariectomia o controle da ingestão alimentar e aumento de peso corporal serão mensuradas por meio de um cálculo da evolução da massa corporal. (AU)