Busca avançada
Ano de início
Entree

Visão computacional e a conexão inteligente entre percepção e ação na robótica

Processo: 18/09514-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Marilza Antunes de Lemos
Beneficiário:Daniel Teixeira de Paula
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Robótica   Robôs móveis   Softwares   Inteligência artificial   Sensoriamento remoto   Visão computacional   Processamento de imagens   Logística

Resumo

O uso da robótica na logística industrial prevê um aumento de eficiência na linha de produção, redução de tempos de operação e custos, aumentando a produtividade e a precisão de processos anteriormente realizados manualmente. A FIESP define Logística como sendo o processo de planejar, implementar e controlar eficientemente, o fluxo e armazenagem de matérias-primas e estoque durante a fabricação de produtos acabados, e as informações relativas a essas atividades, desde o ponto de origem até o local de consumo, visando atender aos requisitos do cliente. A atuação de robôs móveis na logística industrial refere-se à execução automática de tarefas nas atividades de chão de fábrica onde robôs móveis colaboram na execução de tarefas que envolvem o fluxo e armazenagem de matérias-primas, bem como no próprio processo de fabricação de produtos acabados e seu estoque. Trata-se, portanto, de um desafio complexo uma vez que dotar robôs com tal nível de autonomia requer soluções que mesclam diferentes recursos da Inteligência Artificial dentro de uma arquitetura modular. Processos computacionais possuem entradas e saídas, analogamente um agente em ação (robô móvel autônomo) possui percepção (entradas) e executa ações (saídas). Desenvolver métodos de conexão inteligente entre a percepção e ação requer a existência de processos que definam as características de ambas as áreas. Nesse contexto, propõe-se neste projeto considerar resultados de trabalhos previamente desenvolvidos por alunos do curso de Engenharia de Controle e Automação da Unesp Sorocaba, na forma de projetos de Iniciação Científica apoiados pela FAPESP que compõem o SINPLI (Sistema Inteligente de Produção e Logística Industrial) nas áreas de Tratamento de Imagens, Planejamento de Caminhos, Planejamento de Tarefas e Gerenciador de Tarefas, sendo este último módulo responsável pelo controle de todas as tarefas a serem executadas pelo robô. No contexto de SINPLI, este trabalho visa a implementação de um modulo de software que possibilita a conexão entre a percepção do robô, advinda por meio da análise do ambiente através de seus diversos tipos de sensoriamento, especialmente a visão computacional e processamento de imagens, e determinadas ações a serem realizadas pelo robô no domínio. O modulo desenvolvido será integrado ao SINPLI, tornando possível a definição de cenários e situações-problema para validar o módulo desenvolvido. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.