Busca avançada
Ano de início
Entree

Captura de movimento via sensores inerciais do tipo MEMS e magnetômetros de baixo custo para aplicações em biomecânica

Processo: 18/22786-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Pesquisador responsável:Mário Sandro Francisco da Rocha
Beneficiário:Mário Sandro Francisco da Rocha
Empresa:Mocap Brasil Serviços em Tecnologia Ltda
CNAE: Atividades de produção cinematográfica, de vídeos e de programas de televisão
Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:17/19494-4 - Captura de movimento via sensores inerciais do tipo MEMS e magnetômetros de baixo custo para aplicações em biomecânica, AP.PIPE
Assunto(s):Biomecânica   Mecatrônica   Sensores   Sistemas microeletromecânicos

Resumo

Medições precisas da orientação espacial desempenham papel crítico em campos como: aeroespacial, robótica, navegação, análise do movimento humano e interação homem-máquina. Com o desenvolvimento de novos sistemas, cresce o número de aplicações da captura de movimento (Mocap) em fisioterapia, biomecânica, reabilitação, esportes, ergonomia, cinema, jogos etc. No mercado, existem vários tipos de Mocap, atendendo a diferentes níveis de precisão. Todas as tecnologias têm vantagens e desvantagens, mas o uso dos SoC (System on Chip), que inclui acelerômetros e giroscópios do tipo MEMS e magnetômetros, é considerada a mais promissora, por independer de referências externas. Com resultados de seu mestrado, Anderson Oliveira desenvolveu um módulo sensor com essa tecnologia, destinado a Mocap, capaz de obter dados e enviá-los para um PC. Como inovação, está sendo desenvolvido, com o apoio do PIPE/FAPESP Fase I, um sistema de captura de movimento humano, incluindo hardware e software capaz de atender as aplicações em biomecânica. Espera-se que o mercado global de sensores MEMS seja avaliado em US $ 18,88 bilhões até 2022, com uma taxa composta de crescimento anual de 9,8% entre 2017 e 2022. Os impulsionadores para este mercado são a crescente demanda por eletrônicos de consumo inteligentes e dispositivos vestíveis, e a introdução de tecnologias MEMS mais eficientes, econômicas e compactas. (AU)