Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de kit sorológico para detecção múltipla e simultânea de anticorpos contra doenças infecciosas

Processo: 20/08671-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Guilherme Maerschner Ogawa
Beneficiário:Rainara Moreno Sanches de Almeida
Empresa:Internacional Científica Ltda
CNAE: Fabricação de produtos diversos não especificados anteriormente
Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica
Vinculado ao auxílio:19/22786-2 - Desenvolvimento de kit sorológico de detecção múltipla e simultânea de anticorpos contra doenças infecciosas, AP.PIPE
Assunto(s):Sorologia   Técnicas e procedimentos diagnósticos   Biomarcadores   Microesferas magnéticas   Toxoplasma gondii   Rubéola   Infecções por Citomegalovirus   Vírus da Influenza A subtipo H1N1   Coronavirus da síndrome respiratória aguda grave 2   COVID-19

Resumo

Métodos sorológicos para detecção de agentes infeciosos são utilizados em diagnósticos, e muitos são classificados como padrão internacional. Os métodos mais utilizados possuem a limitação de usar apenas um biomarcador, detectando analitos contra um único agente infeccioso por ensaio. A introdução de microesferas em sorologia (xMAP da Luminex®) possibilita o uso de até 500 biomarcadores em cada ensaio, aumentando produtividade e diminuindo custos. O desenvolvimento de microesferas magnéticas, utilizando plataforma xMAP, aprimorou esta tecnologia facilitando a operação e diminuindo custos para obtenção de equipamento e materiais. Esta tecnologia é cada vez mais utilizada em todo o mundo, mas ainda são poucos os kits comerciais disponíveis (para as diversas aplicações possíveis) e não existe kit específico de microesferas magnéticas para detecção de doenças infecciosas. Devido a obrigatoriedade de triagem para doenças infecciosas em gestantes no Brasil, nossa proposta é o desenvolvimento de kit de diagnóstico múltiplo para doenças infecciosas com foco na triagem pré-natal. O kit será baseado na plataforma xMAP de microesferas magnéticas com antígenos (biomarcadores) específicos para detecção de anticorpos (analitos) contra Toxoplasma gondii, vírus da rubéola, citomegalovírus, covid19, H1N1 e H3N2 e influenza B inicialmente. Biomarcadores de causadores de gripe foram adicionados devido a recente necessidade de novas ferramentas para triagem e diferenciação de agentes causadores de síndrome respiratória aguda. A adaptação de antígenos para a plataforma múltipla demanda estudos sobre otimização de acoplamento, desempenho e precisão do ensaio. Espera-se o desenvolvimento de kits 3-Plex (um para kit IgG e um para IgM) com alta sensibilidade e especificidade. O desenvolvimento do kit visa baratear custo de análise por amostra, aumentar capacidade de análises por dia, diminuir esforço do operador e oferecer opção por automação. A Intercientífica já produz e comercializa kit xMAP multiplex NeoMAP 4Plex® (uso manual e automatizado) voltado a detecção de TSH, T4, 17OH e IRT em recém-nascidos. Existe demanda, por parte dos clientes, por kit de diagnóstico múltiplo de doenças infecciosas para pré-natal. O sucesso do kit 3-Plex abrirá espaço para adição de antígenos para outras aplicações onde a detecção de anticorpos é utilizada, como triagem em banco de sangue, exames de rotina em laboratórios de diagnóstico e pesquisa científica por exemplo. Ao final da fase 1 do projeto PIPE-FAPESP esperamos ter como resultado um ensaio multiplex com pelo menos dois biomarcadores de infecções distintas pata anticorpos IgG. Para a fase 2 os objetivos serão de incorporar mais biomarcadores, estudos sobre resposta a IgM e validar o produto de acordo com a legislação vigentes realizando estudos de precisão, como repetibilidade, precisão intermediária e reprodutibilidade e estudos sobre estabilidade do produto final.