Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de estabilidade e ajuste automático de controladores de conversor eletrônico de potência em microrrede

Processo: 20/09598-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Pesquisador responsável:Jose Antenor Pomilio
Beneficiário:Igor Alves Maronni
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/08645-9 - Pesquisas interdisciplinares em redes inteligentes de energia elétrica, AP.TEM
Assunto(s):Eletrônica de potência   Rede elétrica inteligente   Microrredes de energia elétrica   Geração distribuída

Resumo

O cenário definido pelas microrredes com geração distribuída apresenta um uso intensivo de conversores eletrônicos de potência que são responsáveis pela conexão das fontes de energia (em geral CC) à rede de distribuição. Na situação em que a microrrede está conectada ao sistema externo, este é capaz de importar ou exportar a energia produzida ou demandada no interior da microrrede, além de estabelecer a tensão no barramento. Quando a microrrede opera ilhada algum conversor deve assumir o papel de formador de rede, ou seja, estabelecer a tensão que servirá como referência para a operação dos demais conversores (que tipicamente operam controlando a corrente de saída). A qualidade e a estabilidade da tensão produzida por tal conversor assume um papel essencial para a operação de toda microrrede. Sabe-se que a estabilidade do controle de um conversor depende da relação entre a impedância de saída do conversor e a impedância equivalente do restante do sistema (tudo o que estiver conectado na rede no ponto de acoplamento comum). Tal impedância "vista" pelo conversor altera-se continuamente, pois depende do comportamento de todos os demais conversores, o que pode levar a problemas de instabilidade para o conversor formador da rede. Este projeto propõe o desenvolvimento de um sistema de estimação on-line das condições de estabilidade do conversor formador de rede e, a partir da identificação realizada, alterar automaticamente os controladores para que seja estabelecida uma margem de estabilidade adequada. O conversor é trifásico, a quatro fios e possui em seu lado CC um banco de baterias capaz de fornecer ou absorver potência. O projeto prevê a realização de modelagem, simulações e verificações experimentais na microrrede do LabREI, ligado a Projeto Temático da FAPESP. (AU)