Busca avançada
Ano de início
Entree

Plataforma instável robotizada atrelada à realidade virtual como simulador voltado à reabilitação

Processo: 23/15608-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de novembro de 2023
Vigência (Término): 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Dalton Yoshimi Kina
Beneficiário:Dalton Yoshimi Kina
Empresa Sede:Fisioatual Comércio Atacadista e Equipamentos Médicos Hospitalares Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica
Atividades de assistência a idosos, deficientes físicos, imunodeprimidos e convalescentes prestadas em residências coletivas e particulares
Vinculado ao auxílio:23/04310-6 - Plataforma instável robotizada atrelada à realidade virtual como simulador voltado à reabilitação, AP.PIPE
Assunto(s):Reabilitação neurológica   Robótica de reabilitação   Aprendizagem motora   Realidade virtual   Simuladores   Reabilitação (terapêutica médica)   Internet das coisas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aprendizagem Motora | Gameficação | Neuro Reabilitação | Realidade Virtual | robótica reabilitativa | simuladores funcionais | Neuro reabilitação

Resumo

Tratamentos de reabilitação neurológica são prolongados ou necessários ao longo de toda a vida do paciente com deficiência. Requerem (re)aprendizado motor que demandam alta repetibilidade de movimentos, o que leva à monotonia e à desmotivação, sendo ainda apontado como uma das causas de abandono de tratamento. Essa pesquisa irá validar e aprimorar uma solução tecnológica baseada em IoT, já prototipada, que traz atratividade e engajamento aos tratamentos de reabilitação neurológica. Está baseada em uma plataforma física com característica diferenciada de instabilidade ajustável, por meio de sistema de frenagem elástica, que possui embarcado sensores inerciais que permitem que a sua base instável funcione como controle de games em Realidade Virtual fig.1. As Propostas de Valor envolvidas na solução tem sido corroboradas tanto por especialistas do segmento de neuro reabilitação, através de intenção de compra (survey validação dor, mercado + 80 formulários respondidos), quanto do meio acadêmico, por meio da apresentação do projeto em congressos do segmento e eventos com aproximadamente 900 experiências de usuários. Entretanto, buscando validar hipóteses junto ao segmento de clientes, na APAE local, observou-se uma dificuldade por parte de pacientes diplégicos, e cadeirantes em movimentar a base móvel da plataforma Fig.2. O que levou a incorporação de uma nova funcionalidade ao protótipo, implementando-se atuadores lineares à estrutura da plataforma em parceria com Kalatec, dotando sua base instável de movimentação robótica, que pode responder a comandos do profissional por meio de Joystick; ou ainda simular movimentos envolvidos em diversas atividades, inclusive equoterapia, quando combinado ao uso de óculos de realidade virtual (vídeos 360° da ambientação do circuito) fig.3. Isso agregará nova proposta de valor à solução, permitindo que um leque maior de pacientes, que não possuem movimento voluntário, possam também se beneficiar, aumentando assim a gama de pacientes antes não alcançados pela solução. Objetivos: Validar solução proposta no segmento de neuro reabilitação. Aprimorar o protótipo funcional, visando diminuição de custos dos tangíveis e alinhando as especificações do projeto ao modelo de negócio (B2B). Isso possibilitará escalabilidade e sustentabilidade financeira do empreendimento através de comodato ou venda a custo baixo dos simuladores atrelada a receita recorrente, baseada na assinatura de serviços em nuvem (SaaS) associados à plataforma, como o cadastramento de pacientes, profissionais e entidades de atendimento à Pessoa com Deficiência (PcD), e acesso ao streaming de games e experiências imersivas. Método: Será necessário realizar conjunto de testes planejados e sistematizados (iterações) junto aos pacientes, pais e profissionais para demonstrar aplicabilidade da solução no segmento de neuro reabilitação, e prover o levantamento global de requisitos de novas versões do produto/serviço e de conteúdos de games que atendam às necessidades desse usuário final (paciente), e expectativas do profissional (cliente). Serão também identificados parâmetros de usabilidade desse modelo B2B/SaaS, de forma a garantir a evolução das especificações do serviço, que visa democratizar acesso a recursos que envolvam tecnologias de robótica reabilitativo-assistiva atreladas à gameficação em Realidade Virtual. O projeto está alinhado ainda ao estudo "Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil", no qual a saúde é a área de maior prioridade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)