Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de complexos de cobre(II) com Bases de Schiff tridentadas e tetradentadas assimétricas derivados de 2,2-dimetiletlienodiamina possíveis catalisadores na oxidação de catecóis

Processo: 09/15773-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Edward Ralph Dockal
Beneficiário:Daniel Haguihara Bucalon
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Catalisadores   Catálise   Bases de Schiff   Metais de transição   Cobre   Complexos de cobre   Catecóis

Resumo

Complexos de metais de transição têm participação em muitos processos químicos, sendo que a sua química diversificada e a grande utilidade fazem com que o estudo desses complexos torne-se uma área de grande interessante. Tais complexos atuam como catalisadores em vários sistemas homogêneos e heterogêneos. O fornecimento de um único sítio para a ocorrência da reação catalisada favorece a atuação catalítica destes complexos, assim sendo, pode-se considerar este tipo de reação como vantajosa, devido à elevada seletividade do centro metálico. Diante disso, pretende-se desenvolver no presente projeto um estudo sistemático envolvendo três séries de complexos de cobre(II) com bases de Schiff, tridentadas, tipo ONN e tetradentadas assimétricas, tipo ONNO. Esses novos catalisadores potenciais serão caracterizados por ponto de fusão, análise elementar, espectroscopia de absorção na região do infravermelho, ultravioleta-visível, solubilidade em diversos solventes e medidas de condutividade. Alguns testes das reações catalíticas de oxidação de catecóis deverão se processar em balões, sendo que o monitoramento das mesmas será feito com base nos resultados obtidos por cromatografia em fase gasosa, CG. A cinética das reações catalíticas também será monitorada na região do ultravioleta-visível. Os produtos poderão ser caracterizados pelas técnicas tais como espectros vibracionais; espectros eletrônicos; e RMN, 1H e 13C e outras que se fizerem necessárias.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)