Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da degradação do agrotóxico profenofos via H2O2 eletrogerado/Fenton usando eletrodos de difusão gasosa modificados com catalisadores redox

Processo: 08/11652-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Felipe Vicente Bueno
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Peróxido de hidrogênio   Tratamento de águas residuárias   Processos oxidativos avançados   Eletroquímica

Resumo

O objetivo deste projeto é estudar o processo de degradação química/eletroquímica, via eletrogeração catódica de peróxido de hidrogênio (H2O2 e H2O2/Fe(II)) em uma célula eletroquímica utilizando como catodo eletrodos de difusão gasosa modificados (EDGM) do agrotóxico organofosforado Profenofos. A partir dos resultados das análises de acompanhamento, pretende-se otimizar as condições operacionais do processo de degradação química/eletroquímica, assim como tentar identificar os possíveis intermediários e/ou subprodutos formados, visando o estabelecimento dos prováveis mecanismos de degradação. A eficiência do processo será avaliada pela oxidação eletroquímica do agrotóxico em função da eficiência de produção de H2O2, levando-se em conta os aspectos tecnológicos e econômicos associados aos processos de tratamento. (AU)