Busca avançada
Ano de início
Entree


Expressão imuno-histoquímica de KI-67, COX-2, MMP-9 e P53 nos tumores testiculares caninos

Texto completo
Autor(es):
Janete Madalena da Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária.
Data de defesa:
Membros da banca:
Felipe Augusto Ruiz Sueiro; Rosemary de Oliveira Vasconcelos
Orientador: Gisele Fabrino Machado
Resumo

As neoplasias testiculares caninas são achados ocasionais. São descritas como benignas, mas podem metastatizar ou mostrar características de malignidade com o avanço da idade do animal, o que torna necessário o melhor entendimento do comportamento destas neoplasias no cão. O objetivo deste estudo foi caracterizar a expressão imuno-histoquímica de Ki-67, COX-2, MMP-9 e p53 em neoplasias testiculares de 50 cães, verificar a relação entre o padrão histológico e raça, idade e posicionamento testicular e verificar a expressão imuno-histoquímica dos anticorpos avaliados nos diferentes tipos de neoplasia. A avaliação imuno-histoquímica das proteínas Ki-67, MMP-9 e p53 foi mais intensa nos seminomas, enquanto que os leydigocitomas exibiram maior marcação para COX-2. A avaliação histológica e imuno-histoquímica dos subtipos de seminomas em cães, particularmente o seminoma difuso, podem resultar em diferença significativa que permita a utilização destas proteínas como marcadores de prognóstico. As características histopatológicas em associação ao histórico dos animais e à expressão das proteínas estudadas podem contribuir para a caracterização do comportamento biológico nas neoplasias testiculares caninas (AU)

Processo FAPESP: 11/16025-7 - Tumores testiculares em cão: correlação entre padrão histológico e marcadores imunoistoquímicos
Beneficiário:Janete Madalena da Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado