Busca avançada
Ano de início
Entree


Aglomerações industriais no Brasil: uso do território e transformações recentes

Texto completo
Autor(es):
Rodolfo Finatti
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Mónica Arroyo; Olga Lúcia Castreghini de Freitas Firkowski; Andre Tosi Furtado; Sandra Lencioni; Eliseu Savério Sposito
Orientador: Maria Mónica Arroyo
Resumo

As aglomerações industriais podem ser analisadas como formas geográficas que expressam a preparação do território para a atividade produtiva, inclusive a intencionalidade e as ações realizadas para a sua implantação, que ressaltam diferenças qualitativas e topológicas e eventualmente também combinações entre Estado e mercado. Foram identificados onze diferentes tipos de aglomerações industriais no Brasil, por meio de revisão bibliográfica e trabalho de campo realizado em dez unidades da federação, durante os quais foram entrevistados os principais agentes articulados à gestão destas áreas. Neste escopo, a análise geográfica das formas de aglomeração industrial permite apresentar feições do meio técnico-científico-informacional e do uso corporativo do território no período contemporâneo, bem como os processos pelos quais se reafirma a seletividade espacial no território brasileiro, evidenciando-se áreas com diferentes níveis de especialização. (AU)

Processo FAPESP: 13/03437-0 - Formas de aglomeração da indústria do Brasil: planejamento e uso corporativo do território
Beneficiário:Rodolfo Finatti
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado