Busca avançada
Ano de início
Entree


Padrões e aleatoriedade em redes para visão computacional: de grafos à redes neurais

Texto completo
Autor(es):
Leonardo Felipe dos Santos Scabini
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Carlos.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos (IFSC/BT)
Data de defesa:
Membros da banca:
Odemir Martinez Bruno; Antoine Manzanera; Gilberto Medeiros Nakamura; Eraldo Ribeiro Junior; Francisco Aparecido Rodrigues
Orientador: Odemir Martinez Bruno; Bernard De Baets
Resumo

As redes complexas permeiam vários aspectos da natureza, da sociedade e da ciência. Um dos tipos de rede mais discutidos é a rede neural, principalmente na última década, com os avanços da inteligência artificial (AI). No entanto, pouco se sabe sobre a estrutura de redes neurais artificiais (ANNs) em termos de topologia e dinâmica, do ponto de vista de ciência das redes. Além disso, esses modelos são conhecidos por serem sistemas caixa-preta e também podem apresentar comportamentos inesperados. Esta tese foca em redes de AI, neurais ou não, para visão computacional (CV) - o subcampo da AI que lida com informações visuais. Nosso estudo explora vários aspectos da estrutura, padrões e aleatoriedade em redes, e seu potencial para entender, aprimorar e desenvolver novos sistemas de CV. Em primeiro lugar, propomos uma nova metodologia baseada em ciência das redes para examinar ANNs, com foco em sua centralidade neuronal. Esta abordagem (BoN) revela a relação entre padrões estruturais dentro de ANNs treinadas e seu desempenho, provando ser promissora para entender esses sistemas. Essas descobertas levaram a uma nova técnica de inicialização aleatória de ANN (PARw), que melhora o desempenho e acelera o processo de treinamento de redes rasas e profundas. Também desenvolvemos técnicas de CV para problemas de análise de textura utilizando ciência das redes, focando entre imagens de textura pura ou sem controle. Apresentamos um método (SSN) de modelagem de imagem usando um grafo de pixels, que alcança resultados estado-da-arte em bases de dados de referência. Outra nova proposta (SSR) acopla SSNs à pequenas redes neurais aleatórias, melhorando o desempenho sem um aumento substancial nos custos computacionais. A tese apresenta ainda RADAM, um método de transferência de aprendizado para redes convolucionais profundas que também demonstra desempenho notável em CV. Também exploramos o potencial de redes profundas totalmente randomizadas (FR-DCNN), que combinadas com PARw e RADAM provaram ser extratores robustos de características. Por fim, aplicamos nossos métodos em tarefas reais, incluindo diagnóstico de câncer de próstata e de COVID-19, uso folhas como biossensores, e identificação de espécies de planta. Nossos métodos, particularmente o RADAM, alcançaram os melhores resultados nessas tarefas. Em conclusão, esta tese apresenta seis métodos baseados em redes para ANNs e CV, e os resultados mostram que eles melhoram consistentemente o estado-da-arte em vários problemas de classificação de imagens. (AU)

Processo FAPESP: 19/07811-0 - Redes neurais artificiais e redes complexas: um estudo integrativo de propriedades topológicas e reconhecimento de padrões
Beneficiário:Leonardo Felipe dos Santos Scabini
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Doutorado