Busca avançada
Ano de início
Entree


Deterioração de forro em estuque reforçado com ripas vegetais: o caso "Vila Penteado" - FAUUSP.

Texto completo
Autor(es):
Claudia Bastos do Nascimento
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Alba Cincotto; Mercia Maria Semensato Bottura de Barros; Vladimir Antonio Paulon
Orientador: Maria Alba Cincotto
Resumo

Esta pesquisa apresenta uma investigação sobre a argamassa de cal e as ripas de juçara (Euterpe eudulis), materiais empregados no forro em estuque da edificação Vila Penteado, seguindo as diretrizes propostas pelas Instituições de preservação de edificações e de monumentos de valor histórico e artístico. Esta edificação foi tombada pelo CONDEPHAAT - Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo e pelo CONPRESP - Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo. Um conjunto amplo de técnicas foi utilizado para caracterizar a composição e a microestrutura da argamassa original, bem como o estado de conservação dos materiais. Os resultados destas análises serviram de subsídio para a elaboração de uma proposta de reconstituição parcial do forro. O desempenho desta proposta foi avaliado em laboratório, sendo o corpo-de-prova mantido por 30 dias em câmara de carbonatação após a preparação e a aplicação da argamassa. A avaliação da compatibilidade térmica dos materiais originais e novos, quando submetidos a ciclos de aquecimento e resfriamento, foi utilizada como indicador de desempenho do método de restauro. Além disso, foram realizadas avaliações da resistência de aderência do sistema, conforme especificado na NBR 13528 (ABNT, 1995). Estes resultados mostraram que a argamassa original pode manter sua funcionalidade ao longo dos anos, desde que se opte pela técnica de intervenção correta e que a fragilidade do sistema de forro em estuque está nas ripas de suporte. Esta avaliação permitiu a elaboração de uma proposta de restauro para o sistema de forro da edificação Vila Penteado. (AU)

Processo FAPESP: 97/14234-9 - Estudo dos agentes e mecanismos de deterioração de forro de estuque reforçado com ripas vegetais para restauro: estudo de caso da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo/Maranhão
Beneficiário:Claudia Bastos Do Nascimento
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado