Busca avançada
Ano de início
Entree


Investigação dos multipolos atômicos da teoria quântica de átomos em moléculas no estudo de propriedades moleculares

Texto completo
Autor(es):
Luiz Alberto Terrabuio
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Carlos.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Química de São Carlos
Data de defesa:
Membros da banca:
Roberto Luiz Andrade Haiduke; Roy Edward Bruns; Albérico Borges Ferreira da Silva
Orientador: Roberto Luiz Andrade Haiduke
Resumo

As cargas, dipolos, quadrupolos e multipolos atômicos de maior ordem, bem como suas derivadas, permitem um maior entendimento de diversas propriedades elétricas em sistemas moleculares, como momentos de dipolo, derivadas do momento dipolar, intensidades de infravermelho e potenciais eletrostáticos, além de forças eletrostáticas. Os multipolos aqui estudados foram aqueles advindos da Teoria Quântica de Átomos em Moléculas (QTAIM) e, em certos casos, foram comparados com resultados do formalismo CHELPG (CHarges from Electrostatic Potentials using a Grid based method). As investigações desse projeto foram divididas em duas etapas distintas, sendo que a primeira focou no desempenho dos multipolos atômicos na descrição dos potenciais eletrostáticos quando da interação de uma carga pontual carregada positivamente com uma molécula. Algumas simples moléculas diatômicas (F2, Cl2, BF, AlF, BeO, MgO, LiH e NaCl) e outras mais complexas (H2O, H2CO, NH3, PH3, BF3 e CO2) foram consideradas nesta etapa, sendo que os cálculos foram feitos com B3LYP/6-311G(3d,3p). Já, na segunda etapa, estudou-se o modelo carga - fluxo de carga - fluxo de dipolo (CCFDF, do inglês \"charge - charge flux - dipole flux\") na investigação e interpretação das intensidades fundamentais de infravermelho em modos de vibração molecular. Nessa etapa optou-se pelo estudo de sistemas que apresentavam ligações de hidrogênio, como homodímeros (H2O-H2O, HF-HF, HCl-HCl, HCN-HCN, HNC-HNC e NH3-NH3) e heterodímeros (HF-HCN, HCl-HF e HF-H2O). Os cálculos destes sistemas foram realizados com CCSD/cc-pVQZ-mod. Os resultados sugerem que os multipolos QTAIM são melhores que as cargas CHELPG, na maioria dos casos, para descrição dos potenciais eletrostáticos em sistemas próton - molécula. Por sua vez, o modelo CCFDF/QTAIM consegue reproduzir as intensidades de infravermelho em dímeros que apresentam ligações de hidrogênio. Finalmente, o aumento de intensidade do estiramento X-H do monômero doador, em dímeros lineares, é explicado pela variação da contribuição de fluxo de carga durante a dimerização. (AU)

Processo FAPESP: 11/02807-3 - Investigação dos multipolos atômicos da teoria quântica de átomos em moléculas no estudo de propriedades moleculares
Beneficiário:Luiz Alberto Terrabuio
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado