Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito da vaporização na madeira de Eucalyptus grandis sobre as suas propriedades químicas e resistência natural a fungos e cupins

Texto completo
Autor(es):
Cinthia Dias Rocha
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Botucatu. 121 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu).
Data de defesa:
Membros da banca:
Mario Tomazello Filho; Edson Luiz Furtado
Orientador: Elias Taylor Durgante Severo
Resumo

A madeira de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden submetida ao tratamento de vaporização apresenta maior qualidade na indústria de serrados e otimização durante o processo de secagem. O objetivo desta pesquisa foi verificar o efeito da vaporização em toras e em madeira serrada nas propriedades químicas e na resistência natural a fungo e cupins da madeira de Eucalyptus grandis. Para isso, foram empregados quatro tratamentos: material controle, madeira vaporizada em toras (vapor saturado, 20 horas à 90°C), madeira pré-vaporizada em tábuas (1 hora de aquecimento inicial seguida de 3 horas de vapor saturado a 90ºC) e material submetido às duas vaporizações, ou seja, tábuas pré-vaporizadas obtidas de toras vaporizadas. Para caracterização química foram utilizadas as normas TAPPI (1999); para determinar a resistência natural a fungo foram utilizados os procedimentos das normas ASTM D-1413 (1994) e ASTM D-2017 (1994) e, para cupim, a metodologia desenvolvida pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (1980). Os resultados mostraram que: (1) a vaporização promoveu algumas modificações não estatisticamente significativas na composição química da madeira, como: acréscimos de até 5,07% do teor de solubilidade em NaOH 1%, decréscimos de até 21,80% no teor de solubilidade em água quente, acréscimos no teor de extrativos totais para madeira vaporizada em tora e aquela pré-vaporizada em tábuas na ordem de 4,80% e 9,50%, respectivamente, enquanto a madeira submetida à vaporização conjunta (vaporizada/pré-vaporizada) apresentou decréscimo de 7,10%; aumento de até 6,77% no teor de lignina Klason, e redução de até 4,75% no teor de hemiceluloses. Outras modificações, no entanto, foram significativas, como: redução de 3,10% no teor de holocelulose e de 5,06% no teor de celulose... (AU)

Processo FAPESP: 09/03835-0 - Efeito da vaporização nas propriedades químicas e na resistência natural a fungos e cupins da madeira de Eucalyptus grandis
Beneficiário:Cinthia Dias Rocha
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado