Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedade Intelectual

Pedidos de patente depositados: 1325 desde 1990
Mapa da distribuição do fomento por município do Estado de São Paulo
Município
№ de Patentes
Mostrar tabulação por município
Campinas
490
São Paulo
473
São Carlos
222
Ribeirão Preto
97
Araraquara
60
Piracicaba
50
Santo André
22
Bauru
22
Botucatu
17
Paulínia
19
São José dos Campos
17
São José do Rio Preto
10
Jaboticabal
10
Sorocaba
6
Presidente Prudente
8
Lorena
6
Limeira
6
Franca
23
Pirassununga
3
Assis
4
São Vicente
3
Mogi das Cruzes
22
São Caetano do Sul
2
Rio Claro
3
Diadema
4
Barretos
5
Vinhedo
1
Guaratinguetá
1
São Bernardo do Campo
4
Bragança Paulista
1
Votuporanga
1
Rafard
1
Ribeirão Pires
1
Ilha Solteira
1

A propriedade intelectual é um importante mecanismo para a geração de riqueza na sociedade. É ela que garante o período de exclusividade para que seu titular, quem investiu conhecimento e recursos para sua concepção, explore-a, obtenha o retorno de seu investimento ao atender a demandas da sociedade.

A garantia de propriedade intelectual é o primeiro passo para assegurar que o investimento em pesquisa se transforme em novos produtos e processos. O passo seguinte - e o mais difícil - é a identificação de um parceiro disposto a continuar com os investimentos necessários para que a propriedade intelectual chegue à sociedade e gere retorno financeiro para seu titular. Esse é um desafio não só no Brasil, mas, em todo o mundo.

A base de propriedade intelectual da FAPESP apresenta aquelas patentes e programas de computador que tenham sido apoiados pela FAPESP para sua concepção e proteção. A base contém propriedade intelectual – depositada, concedida e extinta - resultante de projetos de pesquisa apoiados pela FAPESP e aquela propriedade intelectual em que a FAPESP contribuiu para a proteção através do Programa de Apoio à Propriedade Intelectual. Apenas propriedade intelectual já publicada está disponível para consulta.

Desde maio de 2.000, com a criação do NUPLITEC – Núcleo de Patenteamento e Licenciamento de Tecnologia e através do Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI), a FAPESP apoia a proteção da propriedade intelectual.

Com o advento da Lei de Inovação e a criação do Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) a partir de 2004, a FAPESP fortaleceu a interação e apoio às universidades e institutos de pesquisas e seus pesquisadores, estimulando que os NITs apoiassem os pesquisadores no processo de proteção e exploração da propriedade intelectual.

Interessados em alguma propriedade intelectual da base de dados podem entrar em contato diretamente com o pesquisador em “Fale com o pesquisador” ou com o Núcleo de Inovação Tecnológica das instituições.

Pesquisadores que tenham propriedade intelectual depositada e que ainda não conste na base, podem entrar em contato através do e-mail nuplitec@fapesp.br para inclusão.

Empresas que tenham interesse em desenvolver projetos de pesquisa para o aperfeiçoamento visando a exploração de alguma propriedade intelectual apoiada pela FAPESP, entrem em contato através do e-mail nuplitec@fapesp.br