Busca avançada
Ano de início
Entree

METODOS DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS PARA DETERMINAÇÃO DE DANO EM DNA

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Hélio Amante Miot; Gabrielli Brianezi
Depositante: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Data do depósito: 26 de janeiro de 2012
Registro INPI:
BR1020120017733 - Consulta INPI
IPC: C12Q 1/68 G01N 27/447
Resumo

MÉTODOS DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS PARA DETERMINAÇÃO DE DANO EM DNA. Patente de invenção de métodos para processamento de imagens obtidas a partir de amostras preparadas 'cbnforme protocolo para reajízação de teste do cometa, particularmente corado pela prata. Este teste é amplamente utilizado para avaliação de genotoxicidade de substâncias. Há sistemas automatizados que analisam cometas corados por substâncias fluorescentes. A coloração de prata é uma técnica pOUco difundida pela falta de tecnologia de análise digital automatizada e tem desempenho semelhante às técnicas com fluorescência, porém, é de baixo custo, rápida execução, não depende de microscópios de fluorescéncia e não utiliza produtos mutagênicos em seu protocolo. Os métodos de processaménto da imagens apresentados neste pedido foram desenvolvidos para sanar tais problemas e a falta de automatização.


Processo FAPESP: 09/08100-9 - Desenvolvimento de um método de análise digital para o teste do cometa corado pela prata
Beneficiário:Hélio Amante Miot
Pesquisador responsável:Hélio Amante Miot
Instituição: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Faculdade de Medicina (FMB)
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular