Busca avançada
Ano de início
Entree

Mauro Galetti Rodrigues

CV Lattes ORCID


Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Instituto de Biociências (IB)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Mauro Galetti é Professor Titular da Universidade Estadual Paulista (UNESP) onde ingressou em 1998. Graduou-se em Biologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) (1991) e concluiu o Mestrado (Área de Ecologia) pela UNICAMP (1992). Desenvolveu seu Ph.D. em Ciências Biológicas pela Universidade de Cambridge, Inglaterra entre 1992 a 1996. Desenvolveu seu pós-doutorado na Universidade de Cambridge onde trabalhou na Ilha de Bornéu (Indonésia) e regressou ao Brasil como bolsista Jovem Pesquisador da FAPESP (1997-2001). Foi Pesquisador convidado do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) em Sevilha (Espanha)(2007) e Tinker Fellow entre 2007 a 2008 no Center for Latin American Studies na Universidade de Stanford nos Estados Unidos. Foi Professor Visitante na Aarhus Universitet (Dinamarca) em 2017. Foi professor associado e diretor do Gifford Arboretum na Universidade de Miami, FL, Estados Unidos (2020-2022) e atualmente participa como colaborador no Kimberly Green Latin American and Caribbean Center da Florida International University, Estados Unidos. É atualmente um dos diretores do Centro de Dinâmica da Biodiversidade e Mudanças Climáticas (CEPID). Participou como colaborador no Darwin Correspondence Project organizado pela Universidade de Cambridge que relaciona as pesquisas de Carles Darwin com cientistas da atualidade.Publicou 250 artigos científicos em diversos periódicos nacionais e internacionais incluindo nas prestigiosas revistas Science, PNAS, Ecology, Ecology Letters, entre outras. É o 3 cientista brasileiro mais citado e o 473 do mundo na área de Ecologia e Evolução com mais de 26 mil citações. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq nível 1B. Desde 2019 é listado anualmente entre os 1 mais citados cientistas do mundo. Foi Editor Associado de diversas revistas internacionais (Biological Conservation, Biotropica) e atualmente é Editor Chefe do periódico Global Ecology and Conservation (Elsevier, Amsterdam). Organizou um importante congresso internacional (Frugivory and Seed Dispersal 2000) que resultou em um livro com mais de 400 citações. No Brasil, organizou o Congresso Brasileiro de Mastozoologia (2019). Ajudou a criar e foi o primeiro coordenador do programa de Pós-graduação em Ecologia e Biodiversidade no Instituto de Biociências da UNESP. Atualmente é o curador do maior banco de dados de biodiversidade da Mata Atlântica (Atlantic Data Papers). É responsável pelo Laboratório de Biologia da Conservação da UNESP desde 1998 onde orientou 32 mestrados, 21 doutorados, 15 pós-doutorados e 35 iniciações científicas. Captou mais de 82 projetos e bolsas na FAPESP. Participa ativamente como consultor do CNPq, CAPES, FAPESP, NSF, Fundação O Boticário de Proteção a Natureza e outros órgãos de fomento internacionais. O Dr. Galetti é reconhecido por seus estudos sobre os impactos humanos na fauna (defaunação) e como a extinção ou redução populacional de animais silvestres influencia organismos, comunidades e ecossistemas. O impacto nacional e internacional do Dr. Galetti é atestado pelas suas publicações de alto impacto e pelas dezenas de palestras como keynote speaker e por proferir palestras em mais de 15 universidades fora do Brasil. O Dr. Galetti é assíduo divulgador científico onde participou de diversos programas de TV (Jornal Nacional, Globo Repórter), PodCasts e jornais. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Las metamorfosis del Bosque Atlántico 
Las metamorfosis del Bosque Atlántico 
The Metamorphoses of the Atlantic Forest 
Extinção de animais pode agravar efeito das mudanças climáticas 
Jardineros pesados 
Jardineiros da pesada 
Com floresta, sem fauna 
Con selva, pero sin fauna 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 25/05/2024
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Serviço temporariamente indisponível

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Alimentação animal Análise de séries temporais Animais frugívoros Animais herbívoros Antas Antropoceno Archontophoenix cunninghamiana Áreas de conservação Argentina Aves Avifauna Banco de dados Big data Biodiversidade Biologia da conservação Biomassa Caça Captura e armazenamento de carbono Carbono no solo Censos Ciclagem de nutrientes Ciências Biológicas Cobertura vegetal Colaboração científica Competição animal Conservação da biodiversidade Conservação dos recursos naturais Conservação Cutias Defaunação Densidade populacional Dieta animal Dinâmica de comunidades Dinâmica de populações Dinâmica florestal Dispersão de sementes Diversidade funcional (ecologia) Diversidade funcional Diversidade genética Dominância animal Ecologia Aplicada Ecologia Teórica Ecologia da paisagem Ecologia de Ecossistemas Ecologia de comunidades Ecologia de ecossistemas Ecologia molecular Ecologia trófica Ecologia vegetal Ecologia Ecossistema tropical Ecossistemas ameaçados Ecossistemas Efeito de borda Espécies em perigo de extinção Espécies invasoras Estoque de carbono Euterpe edulis Fauna Fenologia Fertilidade do solo Filogenia Fitossociologia Floresta Estacional Decidual Floresta estacional semidecidual Florestas tropicais Florística Fragmentação de habitat Fragmentação Fragmentos florestais Fruto Fungos micorrízicos Genética da paisagem Georreferenciamento Germinação Gestão ambiental Ilhabela (SP) Impactos ambientais Interação planta-animal Interações ecológicas Intercâmbio de pesquisadores Invasão biológica Inventários de fauna Javalis Lagartos Mamíferos silvestres Mamíferos Manejo ambiental Manejo animal Mastozoologia Mata Atlântica Micro-hábitat Mimetismo Monitoramento ambiental Morcegos Myrtaceae Níveis tróficos Ornitocoria Paisagens fragmentadas Palmae Palmeiras Pantanal Populações animais Predação Propagação vegetal Psittacidae Queixadas Ramphastidae Redes complexas Redes ecológicas Restauração florestal Rio Claro (SP) Rodentia Roedores São Paulo Sazonalidade Serra do Mar (SP) Serviços ambientais Sobrevivência Sus scrofa Táxons Tucanos Variação fenotípica
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador utilizando este formulário.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: