Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Validação da nested PCR em tempo real em um tubo para detecção de Cryptosporidium spp. em amostras fecais de aves

Texto completo
Autor(es):
Bruna Nicoleti Santana [1] ; Elis Domingos Ferrari [2] ; Alex Akira Nakamura [3] ; Giane Serafim da Silva [4] ; Marcelo Vasconcelos Meireles [5]
Número total de Autores: 5
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária - Brasil
[2] Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária - Brasil
[3] Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária - Brasil
[4] Instituto Biológico. Laboratório de Parasitologia Animal - Brasil
[5] Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária - Brasil
Número total de Afiliações: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária; v. 31, n. 1 2022-03-21.
Resumo

Resumo O objetivo deste trabalho foi validar um protocolo de nested PCR em tempo real em um tubo (nPCR-TR-1T) seguida de sequenciamento genético para detectar e caracterizar as espécies e genótipos de Cryptosporidium em aves. Um total de 443 amostras de DNA genômico, extraído de amostras fecais de aves, foi analisado pela nPCR-TR-1T e pela nested PCR convencional. Pela nPCR-TR-1T, foi observada positividade para Cryptosporidium spp. de 20,3% (90/443), em contraste com a nested PCR convencional, que apresentou positividade de 8,1% (36/443). O teste de sensibilidade analítica mostrou que a nPCR-TR-1T detecta aproximadamente 0,5 oocisto (2 esporozoítos) por reação. A avaliação da especificidade analítica não revelou amplificação de microrganismos que comumente apresentam amplificação inespecífica com primers utilizados para o diagnóstico de Cryptosporidium spp. O cálculo da repetibilidade evidenciou o mesmo resultado em 27 de 30 amostras (90%). Em relação à reprodutibilidade da nPCR-TR-1T, foi observado o mesmo resultado em 80% (24/30) das amostras examinadas. Foi possível realizar o sequenciamento em todas as 90 amostras amplificadas pela nPCR-TR-1T, com identificação de C. baileyi, C. galli, C. meleagridis, C. proventriculi e Cryptosporidium genótipo I em aves. O sequenciamento dos fragmentos amplificados pela nested PCR convencional foi possível em 10/36 (27,8%) das amostras positivas. (AU)

Processo FAPESP: 18/03791-2 - Validação da PCR em tempo real associada a sequenciamento genético para detecção e caracterização de espécies e genótipos de Cryptosporidium em amostras fecais de aves
Beneficiário:Bruna Nicoleti Santana
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 18/06681-3 - Validação da PCR em tempo real associada a sequenciamento genético para detecção e caracterização de espécies e genótipos de Cryptosporidium em amostras fecais de aves e de mamíferos
Beneficiário:Marcelo Vasconcelos Meireles
Modalidade de apoio: Auxílio à Pesquisa - Regular