Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de processos para depositar revestimentos híbridos utilizando silanos e nano compósitos de zircônio e titânio

Processo: 17/15798-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de junho de 2018 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Luis Enrique Morales Palomino
Beneficiário:Luis Enrique Morales Palomino
Empresa:Hi Tec Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda
CNAE: Fabricação de produtos químicos inorgânicos não especificados anteriormente
Fabricação de adesivos e selantes
Fabricação de produtos químicos não especificados anteriormente
Município: Indaiatuba
Pesquisadores principais:Célia Regina Tomachuk dos Santos Catuogno
Pesq. associados:Hercílio Gomes de Melo
Assunto(s):Nanotecnologia  Nanocompósitos  Zircônio  Titânio  Alumínio  Silanos 

Resumo

A crescente preocupação com o desenvolvimento sustentável, aliada com uma maior conscientização com relação à preservação do meio ambiente, tem incentivado pesquisas com a finalidade de encontrar substitutos ambientalmente amigáveis para os eficientes sistemas à base de cromo hexavalente (Cr6+), que são empregados como pré-tratamento em alumínio e suas ligas. Esses tratamentos convencionais oferecem excelente proteção contra a corrosão, fornecem boa base para pinturas, são baratos e relativamente fáceis de aplicar. Porém a partir das últimas décadas as restrições ambientais e de saúde têm se tornando mais severas o que requer a substituição destes tratamentos por outras alternativas que sejam ecologicamente corretas e não agressivas à saúde humana. Diante do exposto, a utilização de revestimento híbridos derivados de silanos, obtidos pelo processo sol-gel, tem se apesentado como uma das alternativas mais investigadas para a substituição dos pré-tratamentos à base de Cromo. Tais revestimentos formam uma matriz polimérica compacta sobre a superfície do metal constituindo uma barreira efetiva contra espécies agressivas, podendo também ser usados como primers para os revestimentos orgânicos. Hoje em dia no mercado existem muitas alternativas aos tratamentos convencionais, que incluem o uso de silanos, assim como banhos contendo nano-compósitos, entretanto estas não exibem proteção ativa contra à corrosão quando comparadas com os banhos contendo cromatos. A proposta deste projeto é comparar dois revestimentos à base de silanos, com adição de nano-compósitos a base Zircônio ou Titânio como substituto ao cromo como ação protetora ao Alumínio e suas ligas. Para obtenção dos revestimentos sobre a superfície do metal o método do dip-coating será utilizada e seus parâmetros serão controlados. Diante deste contexto, o projeto em tela tem como objetivo principal nesta primeira fase, desenvolver um processo de obtenção do revestimento à base de silanos com adição de nano compósitos, caracterizá-lo quanto à aderência, morfologia, microestrutura e avaliar quanto a resistência à corrosão, para suprir uma exigência do mercado e, além disso, atender as normas ambientais mais exigentes. Trata-se de processos inovadores totalmente voltados para atender as diretrizes ambientais reduzindo significativamente o volume de efluentes de tratamentos superficiais com consequente redução de insumos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.