Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da preservação da função ovariana e fertilidade de ratas pré-púberes submetidas a reimplante de tecido ovariano criopreservado após quimioterapia

Processo: 18/17605-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Simone de Campos Vieira Abib
Beneficiário:Simone de Campos Vieira Abib
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Amanda Begatti Victorino Monteiro ; Edson Guimarães Lo Turco ; Maria Teresa de Seixas Alves ; Renato Fraietta ; Talita Picinin Amianti
Assunto(s):Preservação da fertilidade  Pré-púberes  Criopreservação  Quimioterapia  Gonadotoxicidade  Modelo experimental 

Resumo

O tratamento de crianças e adolescentes com câncer avançou nas últimas décadas levando a uma sobrevida próxima a 80%. Como consequência, temos uma população de sobreviventes com sequelas de longo prazo, dentre estas a infertilidade. Os métodos disponíveis para preservação de fertilidade para mulheres são a ooforopexia em casos selecionados e a criopreservação de embrião ou de oócitos, porém disponíveis apenas para mulheres adultas. A criopreservação de tecido ovariano em pré-púberes é oferecida em serviços de oncologia infantil como método experimental. Há poucos estudos e modelos experimentais que relatem a função ovariana em pré-púberes e não há relatos de modelos que incluam a quimioterapia. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a função ovariana e fertilidade de ratas pré-púberes submetidas à criopreservação de tecido ovariano por vitrificação e quimioterapia. Serão utilizadas 80 ratas Wistar com idade de 21 dias de vida dividas em oito grupos. Os Grupos 1, 3, 5 e 7(controle) serão submetidos primeiro à ooforectomia. No dia 23 de vida receberão quimioterapia (ciclosfamida 100mg/kg no grupo1, ifosfamida 200mg/kg no grupo 3, ciclofosfamida 50mg/kg + ifosfamida 100mg/kg no grupo 5 e solução salina 0,9% no grupo 7). Os Grupos 2, 4, 6 e 8 (Sham) receberão no D21 o quimioterápico (ciclofosfamida 50mg/kg no grupo2, ifosfamida 100mg/kg no grupo 4, ciclofosfamida 50mg/kg + ifosfamida 100mg/kg no grupo 6 e solução salina 0,9% no grupo 8). No dia 23 de vida será realizada ooforectomia nos grupos 2, 4 e 6 e laparotomia sem ooforectomia no grupo 8. No 45º dia de vida todas serão submetidas a reimplante do ovário congelado em sítio anatômico. Com 50 dias de vida será iniciada a análise de ciclo estral e aos 60 dias serão colocados com machos para cópula e observação de prenhez por período de 30 dias, quando então serão submetidas à eutanásia aos 90 dias. Será realizada análise da presença ou ausência de ciclo estral, presença ou ausência de prenhez e índice de folículos no ovário reimplantado com e sem uso de quimioterapia. (AU)