Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação semi-quantitativa dos elementos presentes nas cinzas da biomassa liofilizada, desengordurada, sulfatada e pirolisada de Scenedesmus sp.

Processo: 20/01648-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de março de 2020 - 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Ana Maria Pereira Neto
Beneficiário:Ana Maria Pereira Neto
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Energia 

Resumo

A demanda de energia da humanidade se tornou um dos aspectos mais importantes da nossa sociedade. Uma tecnologia promissora que busca suprir parte da demanda de energia e obter produtos de alto valor é a conversão termoquímica da biomassa de microalgas. As espécies inorgânicas apresentadas na biomassa de microalgas podem atuar como catalisadores de reações termoquímicas e são responsáveis por problemas notórios relacionados à cinza durante a decomposição termoquímica. Neste estudo, a biomassa liofilizada de Scenedesmus sp. foi utilizada para avaliar a metodologia de extração lipídica em banho de sonicação como técnica de pré-tratamento para rompimento celular seguida de agitação em vórtice e n-hexano como solvente. Também são apresentados os perfis lipídico e de aminoácido de Scenedesmus sp. A biomassa liofilizada foi pirolisada em um TGA (análise termogravimétrica), com taxas de aquecimento de 20 ° C / min, de 100 ° C a 650 ° C. O teor de cinzas e cinzas sulfatadas foi determinado a partir da combustão da biomassa em um forno mufla. Os elementos das cinzas da biomassa liofilizada, desengordurada, pirolisada e sulfatada foram determinados por meio de MEV (Scanning Electron Microscope) equipado com EDS (Energy Dispersive Spectroscopy). O conteúdo lipídico obtido para a biomassa seca de Scenedesmus sp. foi de 16,72% (± 0,03). O conteúdo de cinzas sulfatadas foi de 17,81 ± 0,15%. A técnica SEM-EDS identificou diferentes compostos minerais nas cinzas, permitindo quantificar Mg, P, S, K, Ca, Fe, Co e Br, além de óxidos. Os resultados sugerem uma possível estratégia para avaliar de maneira semi-quantitativa a composição de cinzas da biomassa liofilizada, desengordurada, sulfatada e pirolisada de Scenedesmus sp. e sua viabilidade no uso de Scenedesmus sp. biomassa em diferentes estratégias de conversão termoquímica para alcançar processos com balanço energético positivo, representando potencial uso ambiental e energético. (AU)