Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um transceptor UHF/VHF para aplicações em sistemas de TT&C de Cube e Nanosats

Processo: 20/05837-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de junho de 2021 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Sistemas Aeroespaciais
Pesquisador responsável:Marcelo Henrique Essado de Morais
Beneficiário:Marcelo Henrique Essado de Morais
Empresa:Essado de Morais Ltda. - ME
CNAE: Telecomunicações por satélite
Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda
Município: Franca
Pesq. associados: Reni Wiliyanti
Assunto(s):Telecomunicações  Satélites  Transceptores 

Resumo

Desenvolvimento de um transceptor VHF e UHF full duplex para sistemas de TT&C (Tracking, Telemetry and Telecommand) para missões de pequenos satélites denominados Cubesats ou Nanosatélites. O rádio poderá operar nas bandas de frequências rádio amador e comerciais com baixo consumo, baixa massa e alta confiabilidade com possibilidade de mudança na velocidade de transmissão, protocolo de comunicação, frequências em voo. O projeto prevê a montagem de um protótipo do rádio para teste e validação junto à clientes brasileiros que já iniciaram o desenvolvimento de outros subsistemas para estes tipos de satélites, totalmente nacionais. Esta miniaturização é possível, com ganhos de performance e de eficiência, devido à revolução da eletrônica que a precedeu e que antes atingiu o setor de computação e o de comunicação que permitem missões de muito baixo custo, altamente competitivas em relação a outras lançadas há poucos anos. Na Fase 1, de viabilidade técnica, serão definidos um estudo sobre a viabilidade técnica do desenvolvimento deste subsistema na plataforma (estrutura, computação, comunicação, potência e controle) de um cubesat ou nanossatélite em desenvolvimento por empresa parceira, também os componentes e layout da placa eletrônica e circuito impresso, seguidos por testes e validação do rádio. A empresa proponente deste projeto é parceira de outra cujo principal desenvolvimento é um Cubesat nacional, do qual por limites orçamentários realizarão aquisição deste subsistema de comunicação de fornecedores internacionais. A EMSISTI, pela competência e conhecimento adquiridos ao longo dos anos em satélites de pequeno porte está apta ao desafio de se desenvolver um subsistema de comunicação no Brasil para atender às exigências do mercado crescente nacional e internacional. As principais etapas, bem resumida, do projeto são: *Coleta de informações sobre os requisitos necessários para atender o desafio, como prospecção do mercado nacional e internacional, definição das frequências de operação, projeto eletrônico e mecânico da placa de circuito impresso (PCI); *Elaboração do esquema elétrico e lista de componentes;*Elaboração da documentação e fabricação das PCI; *Montagem, testes ajuste e calibração da Interface de Comunicação; A metodologia para o desenvolvimento deste projeto tem por referência às normas ECSS (European Cooperation for Space Standardization), um conjunto de boas práticas elaboradas pelas agências espaciais europeias e indústrias do setor que visam minimizar as lacunas técnicas e gerenciais usualmente encontradas na interação cliente-fornecedor. A ECSS preconiza que as atividades de integração sejam realizadas em diferentes níveis de forma incremental. Os resultados esperados deste projeto são: a) montagem de placa eletrônica de circuito impresso modelo de engenharia do subsistema TT&C (Rastreio, Telemetria e Telecomando) para um cubesat ou nanossatélite. b) Interface de controle e comunicação de dados com o computador de bordo do cubesat ou nanossatélite. c) Testes e validação do subsistema de rádio TT&C no cliente (prova de conceito). d) Submissão de patente. (AU)