Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtencao do material catodico manganito de lantanio dopado com estroncio.

Processo: 99/06234-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 1999 - 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Emília Satoshi Miyamaru Seo
Beneficiário:Emília Satoshi Miyamaru Seo
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células de combustível  Síntese  Energia  Materiais cerâmicos 

Resumo

Com o grande avanço das tecnologias e de materiais dos últimos 15 anos, o estudo e desenvolvimento de sistemas de Células a Combustível (CC) associados à crescente exigência de baixo impacto ambiental, constituem-se hoje, bastante promissores no cenário mundial de energia. Como fontes móveis de energia, verifica-se sua aplicabilidade na substituição de motores de combustão interna de vários meios de transporte terrestres e marítimos; como unidades estacionárias, integram plantas de geração e distribuição de energia de pequeno a grande porte, incluindo sistemas de cogeração eletricidade calor. Neste contexto, as células a combustível de óxido sólido de alta temperatura, SOFCs, constituem um tipo de célula bastante utilizadas em sistemas estacionárias de geração e distribuição de energia e de cogeração eletricidade calor. O IPEN-CNEN/SP, ciente da relevância do tema da geração de energia, está iniciando um programa institucional, cujo objetivo é desenvolver e implantar sistemas de células de combustível de baixa [PEMFCs] e de alta temperatura [SOFCs]. Uma unidade de célula a combustível (SOFC) consiste, basicamente, de três partes, um eletrólito e dois eletrodos, o catodo e o anodo. Atualmente, em razão de suas propriedades específicas, o material de construção de cada componente é estudado separadamente. Contribuindo a este programa, o presente projeto visa o estudo da influência das composições do manganito de lantânio dopado com estrondo nas propriedades químicas, estruturais e mecano - elétricas; composições tais, obtidas pelas técnicas de mistura de pós (convencional) e de citratos (Método de Pechini modificado), em escala laboratorial. Este material será obtido e caracterizado, objetivando o seu uso como catodo das células a combustível de alta temperatura. (AU)