Busca avançada
Ano de início
Entree

Desempenho, características de carcaça, qualidade da carne e rendimento de cortes comerciais de bovinos de diferentes grupos genéticos mantidos em regime de confinamento e abatidos em diferentes pontos de acabamento

Processo: 02/04451-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2002 - 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Pesquisador responsável:Flávio Dutra de Resende
Beneficiário:Flávio Dutra de Resende
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Assunto(s):Bovinos de corte  Melhoramento genético  Composição corporal  Desempenho animal  Rendimento de carcaça  Qualidade da carne 

Resumo

O projeto tem como objetivo avaliar as características físicas (proporção de músculo, gordura e ossos), químicas e qualidade da carne (maciez, coloração, pH e maturação) bem como o rendimento dos cortes comerciais com e sem aparas de bovinos das raças Nelore, Guzerá, Caracu e Gir, submetidos a processo de seleção com base no P378 e Nelore não selecionados, abatidos em 3 diferentes pontos de acabamento (3,0, 5,0 e 7,0 mm de espessura de gordura de cobertura). Os animais serão retirados da 20ª Prova de Ganho de Peso da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho e transferidos para o Polo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios da Alta Mogiana, com sede em Colina -SP, onde serão confinados. Serão utilizados 77 animais, subdivididos nos tratamentos através do seu peso vivo, índice obtido na prova de ganho de peso e características de carcaça e mantidos em baias com piso cimentado, contendo comedouro e bebedouros individuais. A monitoração do crescimento muscular e do tecido adiposo será realizada a cada 28 dias com base em medidas de ultra-sonografia. A medida em que atingirem o acabamento preconizado, serão abatidos em frigorífico comercial, onde serão realizadas as avaliações das carcaças dos animais. Os animais serão alimentados com uma dieta composta, na base seca, de silagem de milho (50%) e concentrado (50%) contendo milho em grão moído, farelo de algodão, uréia, rumensin e minerais. (AU)