Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação entre a ventilação com volume controlado ou com pressão controlada em equinos com afecções cirúrgicas do aparelho digestório (síndrome cólica) anestesiados com isofluorano

Processo: 04/11797-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2005 - 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Denise Tabacchi Fantoni
Beneficiário:Denise Tabacchi Fantoni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):06/54704-5 - Comparacao entre a ventilacao com pressao positiva intermitente ou pressao controlada em equinos com afeccoes cirurgicas do aparelho digestorio (sindrome colica) anestesiados com isofluorano., BP.TT
Assunto(s):Anestesia  Cólica  Equinos  Hemodinâmica  Ventilação pulmonar 

Resumo

Os principais fatores a serem considerados durante a anestesia equina são a depressão cardiovascular e ventilatória e conseqüente prejuízo dos parâmetros hemodinâmicos. Até os dias de hoje, apesar de muitos esforços, a ventilação ainda é tema controverso nesta espécie animal, principalmente no animal com Síndrome Cólica. Na literatura especializada, não foram encontrados estudos de ventilação e hemodinâmica com animais acometidos por esta Síndrome, principalmente por se tratarem de pesquisas clínicas e não com animais experimentais. Em experimento anterior, no projeto do doutorado, foram testadas duas modalidades ventilatórias e suas repercussões hemodinâmicas em animais hígidos. No Brasil, foi o primeiro experimento a avaliar a mecânica respiratória e parâmetros hemodinâmicos em eqüinos, tendo sido alguns dos parâmetros de mecânica respiratória inéditos para a espécie. A experiência adquirida recomenda o emprego e comparação destas duas modalidades em animais com Síndrome Cólica. Neste sentido, os objetivos deste projeto são: avaliar duas modalidades ventilatórias em eqüinos portadores da Síndrome Cólica, ventilação com volume controlado (pressão positiva intermitente) e ventilação com pressão controlada, e avaliar a repercussão destes modos ventilatórios nos parâmetros ventilatórios e hemodinâmicos. Para tanto, serão utilizados 16 eqüinos adultos, machos e fêmeas com Síndrome Cólica, submetidos a anestesia e cirurgia. Serão avaliados parâmetros cardiovasculares, ventilatórios, de mecânica respiratória, hemodinâmicos, de oxigenação e eletrólitos. Os valores obtidos serão confrontados estatisticamente através de provas paramétricas, por meio de ANOVA (análise de variância) seguida do teste de Tukey para a comparação dos diferentes momentos de observação de um mesmo grupo, e o teste t-Student para a comparação dos diferentes momentos de observação dos dois grupos experimentais. O grau de significância estabelecido para análise estatística será de 5% (p<0,05). (AU)