Busca avançada
Ano de início
Entree

Redução da produção de biomassa microbiana em processos de lodo ativado utilizando o desacoplador metaolico 3,3,4,5 tetraclorosalicinamida (TCS)

Processo: 06/03267-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2006 - 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Alexandre Nunes Ponezi
Beneficiário:Alexandre Nunes Ponezi
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia aplicada  Tratamento de águas residuárias  Lodo de esgoto 

Resumo

A remoção de matéria orgânica através da oxidação biológica á uma tecnologia bastante conhecida no processo de tratamento de águas residuárias. Novas células (lodo), gás carbônico, produtos microbianos solúveis e água são os produtos resultantes do processo. A produção de excesso de lodo é estimada atualmente ao redor de 15-100 Kg./L-1 DBO, onde mais de 95% de sua composição é água. Com a expansão da população e indústrias, a produção de lodo aumentou, gerando um real desafio no campo da tecnologia de engenharia ambiental. As atuais regulamentações de segurança quanto à produção de produtos alimentícios, restringe a aplicação destes resíduos como biosólidos em campos agrícolas na maioria dos países, sendo cada vez mais utilizada a disposição deste material no mar atualmente proibido, em aterros sanitários ou disposições indevidas. Atualmente, a produção de excesso de lodo é um dos problemas mais sérios encontrados em plantas de tratamento aeróbio. O tratamento do lodo excedente pode responder por 25 - 65% do custo de operação total de uma planta gerando um desperdício secundário. Um modo ideal para resolver este problema seria reduzir a produção de lodo no processo (lodo-associado), ao invés de pós-tratamento do lodo gerado. Estratégias para minimização da produção do excesso de lodo estão se tomando um assunto bastante urgente, sendo necessário revisar as técnicas que possam ser aplicadas em plantas municipais e industriais para reduzir a produção de lodo do processo de lodo ativado, uma vez que este tipo de tratamento é o mais utilizado em todo o mundo. Este projeto visa estudar a viabilidade de utilização do 3,3`,4`,5-tetraclorosalicilanida (TCS) como um desacoplador metabólico na redução do crescimento de lodo em processos de lodo ativados no tratamento de esgoto doméstico municipal. (AU)