Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação das formas merogonicas e gametogonicas de Neospora caninum em cães infectados com ovos embrionários e pintos de galinha (Gallus gallus domesticus)

Resumo

A realização deste estudo tem como objetivo identificar e caracterizar as fases merogônicas e gametogônicas em cães, estes serão divididos em dois experimentos. O primeiro será composto por 6 cães, três receberão material cório-alantóide infectado previamente com a cepa NC-1 de N. caninum, e três receberão pintos infectados com o parasito. Este primeiro experimento visa identificar o melhor protocolo no que tange a eliminação de oocistos e estipular o momento da formação dos merontes e gamontes nos cães. As fezes destes animais serão examinadas uma semana antes e trinta dias após a infecção, além de sorologia pela RIFI, a cada sete dias. Um segundo experimento com quatro cães será realizado, onde os mesmos serão infectados com o melhor protocolo previamente testado no experimento 1, onde três serão eutanasiados, na primeira semana de infecção, em período a ser estipulado em função dos resultados do grupo experimental 1. Todos os cães terão suas fezes examinadas, uma semana antes e até o dia da eutanásia. O animal não eutanasiado terá suas fezes colhidas e analisadas durante 30 dias de infecção e sorologia semanal pela RIFI. Nos animais eutanasiados, além do exame de fezes antes e após a infecção, serão realizadas provas moleculares, sorologia, imprints, histopatologia e imuno histoquímica dos diversos tecidos. Espera-se como resultado observar a presença das formas merogônicas e gametogônicas nos cães caracterizando e elucidando as formas evolutivas ainda não descritas nos mesmos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)