Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de equipamentos de diagnóstico óptico utilizando laser infravermelho e sensor tipo CCD para detecção de cárie e fraturas ósseas

Resumo

O projeto visa desenvolver equipamento para diagnóstico de cáries e avaliação morfológica dental por princípios ópticos utilizando radiação não ionizante, não destrutivo e em tempo real. A técnica investigada utiliza transiluminação dental por laser no infravermelho próximo (NIR) e captação de imagem por sensor CCD de silício e apresenta grande potencial para detecção de lesões incipientes e iniciais não detectáveis por métodos tradicionais (inspeção visual, sondagem, Raios-X). Radiografias de Raios-X detectam apenas lesões irreversíveis - tratáveis cirurgicamente enquanto que a técnica investigada detecta, além destas, lesões incipientes e iniciais (reversíveis), que podem ser tratadas terapeuticamente para obtenção de remineralização (processo que poderá ser acompanhado com o produto) ou por tratamento restaurador conservador. O diagnóstico será baseado na captação, tratamento, análises e armazenamento de imagens NIR digitais. A cárie dental é uma doença infectocontagiosa multifatorial, que resulta na perda de tecido mineral de elementos dentais afetados. O processo é potencialmente previsível e curável (revertido) se as lesões forem detectadas tempestivamente, em estágio inicial, através de procedimentos terapêuticos conservativos tais como como: fluorterapia, laserterapia de baixa intensidade, dieta e terapias antimicrobianas, como a Terapia Fotodinâmica (PDT). Portanto, a importância de novos métodos diagnósticos para diagnosticar e caracterizar lesões em estágios iniciais de desenvolvimento através do monitoramento de propriedades ópticas específicas. O diagnóstico óptico de cáries por imagens NIR oferece várias vantagens frente à técnica radiográfica (Raios-X), a saber: Segurança: técnica utiliza radiação laser infravermelha (não ionizante); diagnóstico em tempo real; aquisição de imagens digitais para análises quantitativas e comparações futuras (acompanhamento dos processos de desmineralização e remineralização); Ausência de filmes radiográficos; Detecção de lesões incipientes e iniciais, não detectáveis por radiografia convencional, Distinção entre lesões reversíveis (tratáveis não cirurgicamente) e irreversíveis, Exame da integridade de restaurações, e presença de cáries secundárias, Exame de defeitos como fissuras (microfraturas) e trincas. A fase 2 do projeto destina-se ao estudo aprofundado de questões correlacionadas à resolução das imagens NIR e análises para diagnóstico, desenvolvimento do software de processamento de imagens que acompanhará o produto final, e desenvolvimento e teste de câmera intraoral baseada em CCD de silício otimizada para NIR. Apresentaremos, ao final da fase 2, o protótipo do equipamento finalizado para detecção de cáries por transiluminação NIR com laser de iodo, e daremos início aos testes clínicos para validação da nova tecnologia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUSSANELI, D. G.; RESTREPO, M.; BOLDIERI, T.; PRETEL, H.; MANCINI, M. W.; SANTOS-PINTO, L.; CORDEIRO, R. C. L. Assessment of a new infrared laser transillumination technology (808 nm) for the detection of occlusal caries-an in vitro study. Lasers in Medical Science, v. 30, n. 7, p. 1873-1879, SEP 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.