Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Metalicidade em grupos de galáxias: simulações numéricas e observações em raios-X

Processo: 12/20038-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 21 de janeiro de 2013 - 20 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Gastão Cesar Bierrenbach Lima Neto
Beneficiário:Gastão Cesar Bierrenbach Lima Neto
Pesquisador visitante: Patricia B. Tissera
Inst. do pesquisador visitante: Instituto de Astronomía y Física del Espacio (IAFE), Argentina
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Galáxias  Evolução química  Raios X  Simulação numérica 

Resumo

Nosso objetivo é o estudo do enriquecimento químico do meio intergaláctico em grupos de galáxias, traçando um programa comparativo entre simulações e observações. Este programa nos trará um melhor entendimento dos processos de transporte químico entre as galáxias e o meio em que elas habitam, e nos ajudará a dar vínculos aos modelos de formação de galáxias. Dada a complexidade e não linearidade do crescimento de estruturas, simulações numéricas sofisticadas as ferramentas mais adaptadas para tratar deste problema. Nós propomos estudar a formação e evolução de galáxias em grupos dentro do contexto do paradigma cosmológico atual, com interesse especial em processos como interações, fusões, ventos galácticos, "starvation", acréscimo de gás, turbulência, que podem afetar a produção e a mistura de elementos químicos, sendo, portanto, elementos cruciais para a transformação de gás em estrelas ou no desencadeamento de fluxos de matéria capazes de enriquecer o meio extragaláctico em metais. Nós podemos acompanhar populações estelares desde o seu nascimento até hoje, procurando aspectos que unam suas propriedades observadas atualmente com as condições físicas de sua formação. Poderemos com isto fazer modelos que serão confrontada, dentro do cenário cosmológico atual a dados observacionais. Nós usaremos simulações numéricas de última geração para estudar o crescimento de estruturas dentro do cenário cosmológico Lambda-CDM. Nossa abordagem inclui feedback de supernovas fisicamente motivado como parte do código GADGET-3. Do ponto de vista observacional nos utilizaremos observações em raios-X da gás intra-grupo com os satélites de última geração, XMM-Newton e Chandra. Estas observações nos permitem um diagnóstico das condições físicas do gás, com medidas da densidade, temperatura e metalicidade. Quando dispomos de observações profundas poderemos obter a distribuição destas quantidades em mapas bidimensionais. Estas observações farão o contra-ponto às simulações observadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Evolução química das galáxias é alvo de estudo 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, R. E. G.; TISSERA, P. B.; LIMA NETO, G. B.; SODRE, JR., L. Properties of the circumgalactic medium in simulations compared to observations. Astronomy & Astrophysics, v. 609, JAN 8 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.