Busca avançada
Ano de início
Entree

Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala

Processo: 05/59953-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2006 - 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Luis Felipe Uebel
Beneficiário:Luis Felipe Uebel
Empresa:Luis Felipe Uebel - ME
Município: São Paulo
Bolsa(s) vinculada(s):09/09852-4 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
08/09481-3 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
08/06841-9 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 08/05012-9 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
08/05053-7 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
08/05045-4 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
06/55218-7 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.PIPE
06/56757-9 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
06/56758-5 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT
06/57481-7 - Navegador internet com reconhecimento e síntese de fala, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Interface usuário-computador  Processamento digital de sinais  Síntese de fala  Softwares 

Resumo

O objetivo deste projeto é o desenvolvimento e aperfeiçoamento de um navegador de Internet com reconhecimento e síntese de fala para a língua Portuguesa Brasileira que funcionará como um plug-in do Microsoft Internet Explorer. O sistema de reconhecimento automático de fala permite uma entrada mais rápida e conveniente de dados do que sistemas tradicionais como teclados ou mouses. Já o sistema de síntese de fala permite que o usuário possa ouvir os textos encontrados nas páginas visitadas. Teclados e mo uses podem causar o aparecimento de lesões por esforço repetitivo (LER), causando graves transtornos aos seus portadores. Em situações mais graves, portadores de LER podem ficar impedidos de exercerem suas atividades profissionais. Dores musculares são comuns em usuários de computadores. O projeto tenta minorar os problemas causados pela LER, doença que pode impedir o portador de utilizar computadores, dando uma alternativa a estas pessoas de acessar à Internet utilizando a fala em vez de teclado e mouse. Portadores de deficiências físicas, principalmente visuais, possuem dificuldades na utilização de computadores. O projeto proposto tem um caráter social importante ao tentar minorar os problemas que pessoas portadoras de deficiências físicas possuem ao utilizar computadores. A inovação tecnológica do projeto reside no casamento de duas técnicas avançadas, reconhecimento e síntese de fala, no acesso à Internet. Não é do conhecimento do coordenador do projeto de nenhum produto comercial similar para a língua Portuguesa Brasileira. As duas técnicas são primordiais no desenvolvimento de interfaces homem-máquina amigáveis e devem ser dominadas por pesquisadores brasileiros. O caráter comercial do projeto reside no fato de aliar reconhecimento e síntese de fala a navegação pela Internet Reconhecimento e síntese são técnicas desejáveis pelos usuários pela sua praticidade. O projeto poderá ser comercializado diretamente ao usuário final ou como ferramenta de marketing por parte de empresas (AU)

Matéria(s) publicada(s) no blog Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Startup desenvolve recursos computacionais para tecnologias de fala 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.