Busca avançada
Ano de início
Entree

Conjunto antena banda S para integrar sistema radar meteorológico doppler

Processo: 04/13928-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - PAPPE / PIPE III
Vigência: 01 de janeiro de 2005 - 31 de março de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Convênio/Acordo: FINEP - PAPPE-PIPE III
Pesquisador responsável:Luiz Manoel Dias Henriques
Beneficiário:Luiz Manoel Dias Henriques
Empresa:Omnisys Engenharia Ltda
Município: São Bernardo do Campo
Vinculado ao auxílio:02/07910-8 - Conjunto de antena banda S para integrar o sistema radar meteorológico Doppler, AP.PIPE
Assunto(s):Radar  Servomecanismos 

Resumo

O objetivo do projeto é desenvolver o produto do Conjunto Antena Banda S controlado por servomecanismo digital visando integrá-lo ao modelo industrial do sistema radar meteorológico Doppler em desenvolvimento na própria Omnisys. O desenvolvimento do Conjunto Antena Banda S encontra-se na fase de revisão critica de projeto (COR). Foi concluída a instalação do modelo de engenharia para validação em campo, onde estão sendo realizados os testes de funcionalidade do sistema radar integrado, a fim de consolidar a etapa de elaboração do projeto detalhado. O modelo de engenharia do sistema encontra-se em operação e já foram obtidos os primeiros produtos meteorológicos. O equipamento recebeu diversas visitas técnicas de potenciais clientes, e como resultados dessas visitas foram elaborados relatórios técnicos enumerando as diversas sugestões de melhorias para o modelo industrial, colaborando para consolidação da COR. Conforme a metodologia de desenvolvimento de projetos da Omnisys, a próxima etapa do desenvolvimento do projeto é a engenharia de produto seguida da qualificação do produto. A etapa de engenharia de produto tem por finalidade desenvolver e qualificar processos, desenvolver o ferramental de fabricação e produzir os documentos necessários para fabricação e testes do modelo industrial. A qualificação do produto consiste na fabricação e teste do modelo de qualificação, aprovado pela COR. Ao final desta fase, é realizada a Revisão de Qualificação (QR) que tem por objetivo demonstrar a conformidade da fabricação e de testes dos equipamentos. O Conjunto Antena Banda S é composto basicamente pela antena e pelo seu pedestal de suporte, pelo servomecanismo posicionado da antena e pelo sistema de controle do servomecanismo. Dentre as melhorias consolidadas na COR, estão previstos: um estudo de reposicionamento dos módulos dentro do sistema radar; a nacionalização dos servomecanismos; o melhoramento do projeto do servomecanismo e pedestal da antena; o projeto de servomecanismo para operação com radome; o retrabalho da interface eletrônica com o software e os servoconversores e a implementação de novo circuito de interface com sistema de monitoração e controle (BITE) utilizando lógica programável. Além disso, foi prevista a homologação do conjunto por instituto competente, a fim de garantir o atendimento às especificações exigidas pelo sistema, a saber: frequência de operação: 2.700 a 2.900 MHz; velocidade máxima da antena: 36 °/s → 6 voltas/min; precisão de posição: 0,1°; setor angular útil de elevação: - 1 ° a 90,5°; setor angular máximo de elevação: - 3° a 92,5°; setor angular de azimuter: O à 360° sem limitação; aceleração máxima: 15°/s2 → 0,26 rad/s2; diâmetro da parábola: 4,2 m; velocidade média máxima do vento: 100 km/h → 27,77 m/s. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
De mísiles a radares 
De mísseis a radares 
De mísiles a radares 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)