Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução do sistema latossolo-gleissolo e sua relação com os depósitos de argilas aluminosas refratárias no oeste de Minas Gerais

Processo: 14/01131-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2014 - 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Vania Silvia Rosolen
Beneficiário:Vania Silvia Rosolen
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Pesq. associados:Adolpho José Melfi ; Alfredo Borges de Campos ; Célia Regina Montes ; Guilherme Taitson Bueno ; José Silvio Govone ; Nádia Regina do Nascimento ; Vincent Adrien Marcel Chaplot
Assunto(s):Pedologia  Latossolos  Gleissolos  Argilas  Refratários 

Resumo

Nas superfícies das chapadas sedimentares do oeste mineiro, a paisagem pedológica é essencialmente composta por Latossolos e Gleissolos. Os Latossolos estão presentes nas partes elevadas e bem drenadas do relevo e estão associados com Gleissolos desenvolvidos nas depressões topográficas. Essa associação de solos é determinante para a distribuição da flora e fauna do cerrado, configuração topográfica da superfície das chapadas e diferenças acentuadas nos estoques de carbono. É provável que a evolução desta paisagem pedológica esteja associada à gênese de materiais de importância econômica. Na região, os depósitos de argilas com elevados teores de alumínio e extraídas para fabricação de materiais refratários são encontrados exclusivamente na superfície das chapadas e hipoteticamente estão relacionados à gênese e evolução do sistema Latossolo - Gleissolo. Apesar da inquestionável importância do ponto de vista genético e evolutivo e possível interesse econômico, esta cobertura pedológica e suas relações com a paisagem e os fatores que levam aos diferentes níveis de enriquecimento aluminoso são pouco explorados. O objetivo deste projeto é determinar as relações existentes entre a evolução do sistema pedológico Latossolo - Gleissolo e a gênese dos depósitos de argilas aluminosas (caulinita e gibbsita) encontrados no topo das chapadas do oeste de Minas Gerais. Especificamente a pesquisa foca no estudo do processo de desferruginização da matriz dos solos lateríticos por hidromorfia, o qual pode levar à concentração de argilas aluminosas associado com o entalhamento da drenagem ao longo do tempo. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COELHO, C. V. S.; MOREIRA, C. A.; ROSOLEN, V; BUENO, G. T.; SALLES, J.; FURLAN, L. M.; GOVONE, J. S. Analyzing the Spatial Occurrence of High-Alumina Clays (Brazil) Using Electrical Resistivity Tomography (ERT). PURE AND APPLIED GEOPHYSICS, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
COELHO, C. V. S.; ROSOLEN, V.; BUENO, G. T.; MESQUITA, A.; MOREIRA, C. A.; FURLAN, L. M.; GOVONE, S. The formation of high-alumina clays in a pedosedimentary sequence of Marilia Formation (Western Minas Gerais, Brazil). Journal of South American Earth Sciences, v. 95, NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
ROSOLEN, VANIA; BUENO, GUILHERME TAITSON; MUTEMA, MACDEX; MOREIRA, CESAR AUGUSTO; FARIA JUNIOR, ILIO RODARTE; NOGUEIRA, GRAZIELE; CHAPLOT, VINCENT. On the link between soil hydromorphy and geomorphological development in the Cerrado (Brazil) wetlands. CATENA, v. 176, p. 197-208, MAY 2019. Citações Web of Science: 1.
ROSOLEN, VANIA; BUENO, GUILHERME TAITSON; MELFI, ADOLPHO JOSE; MONTES, CELIA REGINA; DE SOUSA COELHO, CARLA VANESSA; ISHIDA, DEBORA AYUMI; GOVONE, JOSE SILVIO. Evolution of iron crust and clayey Ferralsol in deeply weathered sandstones of Marilia Formation (Western Minas Gerais State, Brazil). Journal of South American Earth Sciences, v. 79, p. 421-430, NOV 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.