Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabilidade após multissegmentação maxilar e influência da amplitude dos deslocamentos cirúrgicos tridimensionais

Processo: 13/05831-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2014 - 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Ortodontia
Pesquisador responsável:João Roberto Gonçalves
Beneficiário:João Roberto Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/09152-0 - Estabilidade após multissegmentação maxilar e influência da amplitude dós deslocamentos cirúrgicos tridimensionais, BP.TT
Assunto(s):Cirurgia bucomaxilofacial  Maxila  Osteotomia  Tomografia 

Resumo

Entre os benefícios da multissegmentação maxilar está a possibilidade de correção transversal numa única cirurgia ao contrário do que acontece quando se utiliza disjunção maxilar cirurgicamente assistida para tratamento de pacientes adultos com deformidades associadas (transversal, vertical e sagital). O presente estudo será realizado para colaborar com o conhecimento atual sobre a estabilidade da multisegmentação maxilar que se apresenta na literatura de maneira controversa. Alterações tridimensionais pós-cirúrgicas da maxila de pacientes submetidos à osteotomia LeFort I serão estudadas com tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) de 90 indivíduos incluídos em 3 Grupos comparativos (30 indivíduos em cada) de acordo com o aumento transversal esquelético obtido na região dos primeiros molares (AT) imediatamente após a cirurgia. Grupo 1 (AT e 2 mm) Grupo 2 (AT < 2 mm.) e Grupo 3 (Controle/LeFort I em um único segmento). Três volumes tomográficos de cada indivíduo (T1-pré-cirurgico; T2-pós-cirurgico imediato e T3-mínimo de um ano pós-cirurgia) serão construídos e superpostos usando um método automático de registro por equivalência de voxels. Análise quantitativa da estabilidade será realizada por regiões correspondentes nos diferentes tempos mencionados, através do programa Spharm-PDM que se baseia no principio do harmônico esférico e inclui pacote estatístico específico baseado em análise de regressão múltipla e modelos lineares generalizados para avaliar possíveis associações com variáveis dependentes a serem testadas. (AU)