Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil da atividade de macrófagos in vitro, frente à amostra virulenta, atenuada e saprófita de Leptospira spp.

Processo: 14/20719-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Márcia Marinho
Beneficiário:Márcia Marinho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Leptospirose animal  Imunopatologia  Leptospira  Resposta imune  Macrófagos  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

O gênero Leptospira congrega espécies patogênicas, L. interrogans e saprofiticas , L. biflexa com graus variados e intermediários de patogenicidade. Sabe-se que durante a leptospirose há uma mobilidade da resposta imune celular com ativação de macrófagos que expressam genes responsáveis pela produção de citocinas que participam da patogenia do processo infeccioso. A citotoxicidade tem sido relatada em estudos prévios que consideram a L. interrogans como um agente indutor da apoptose de macrófagos e hepatócitos. Entretanto, o mecanismo responsável pela morte celular permanece desconhecido. O presente trabalho tem por objetivo verificar a dinâmica da resposta imune celular in vitro utilizando cultivos de macrófagos (J774) quando expostos a amostras virulentas, atenuadas e saprófita de Leptospira, observados em vários momentos após a exposição. Para analisar a ativação dos cultivos de macrófagos in vitro serão realizados ensaios que determinarão a produção de intermediários reativos do nitrogênio (NO), expressão de genes para citocinas e interleucinas pela técnica de PCR e a presença e quantificação das mesmas no sobrenadante do cultivo celular pelo teste de ELISA. Pelo exposto, busca-se verificar e comparar a cinética da resposta da atividade de macrófagos quando expostos a Leptospira spp, frente a inóculo patogênico,atenuado e saprófito, a fim de se compreender a dinâmica da mobilidade imune celular. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ARAUJO JUNIOR, ERIVELTO CORREA; GARCIA, LEANDRO ENCARNACAO; ARAUJO, MATHEUS JANECK; OLIVEIRA-JUNIOR, ITAMAR SOUZA; ARNOLD, DANIEL ROBERT; LOPES, FLAVIA LOMBARDI; MARINHO, MARCIA. Gene expression is associated with virulence in murine macrophages infected with Leptospira spp. PLoS One, v. 14, n. 12 DEC 4 2019. Citações Web of Science: 0.
GARCIA, LEANDRO ENCARNACAO; DE ARAUJO JUNIOR, ERIVELTO CORREA; MELO, LARISSA MARTINS; BRAGATO, JAQUELINE POLETO; PEIRO, JULIANA REGINA; FELIX DE LIMA, VALERIA MARCAL; MARINHO, MARCIA; ARNOLD, DANIEL ROBERT; LOPES, FLAVIA LOMBARDI. Characterization of the microtranscriptome of macrophages infected with virulent, attenuated and saprophyte strains of Leptospira spp.. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 12, n. 7 JUL 2018. Citações Web of Science: 0.
DE ARAUJO JUNIOR, ERIVELTO CORREA; GARCIA, LEANDRO ENCARNACAO; MELO, LARISSA MARTINS; BRAGATO, JAQUELINE POLETO; FELIX DE LIMA, VALERIA MARCAL; PEIRO, JULIANA REGINA; LOPES, FLAVIA LOMBARDI; MARINHO, MARCIA. Transcriptome datasets of macrophages infected with different strains of Leptospira spp. DATA IN BRIEF, v. 16, p. 1044-1050, FEB 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.