Busca avançada
Ano de início
Entree

Banho no leito convencional e com Bag Bath®: caso-controle microbiológico e de custo

Processo: 14/25099-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Alessandro Lia Mondelli
Beneficiário:Alessandro Lia Mondelli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Silvia Cristina Mangini Bocchi
Assunto(s):Higiene (assistência à saúde)  Banho no leito  Estudo comparativo  Análise custo-benefício 

Resumo

O banho no leito é considerado o procedimento de enfermagem mais rotineiro e simples, sendo realizado com base no grau de dependência parcial ou total dos pacientes. Dados da literatura e a prática diária do enfermeiro apontam para um declínio na qualidade do banho no leito pelo mau uso da técnica, facilitando o aparecimento de infecções de pele e partes moles. A enfermeira americana Susan M. Skewes desenvolveu um método alternativo de banho no leito (Bag Bath®) que exclui o uso de bacias, baldes, sabão, luvas de banho, enxague e toalhas, promovendo uma pele mais hidratada, menos propensa a infecções e com cicatrização mais rápida, diminuindo o tempo de enfermagem gasto e o número de infecções de pele e partes moles. Este método é constituído de oito compressas de algodão, pré-umidificadas com agentes surfactantes e hidratantes inócuos à pele, para limpeza e hidratação da pele do paciente acamado. As compressas podem ser aplicadas a temperatura ambiente ou aquecidas em forno micro-ondas, por trinta segundos, ou em banho-maria. Cada compressa é utilizada em uma parte do corpo e desprezada em seguida, minimizando o cruzamento de infecções entre as diferentes partes do corpo. O objetivo desta pesquisa é comparar a técnica convencional de banho no leito com a técnica do Bag Bath® em pacientes dependentes da equipe de enfermagem, internados na enfermaria de neurologia/neurocirurgia do HC-FMB-UNESP, buscando comparar as técnicas em relação: 1) custo benefício, tempo de enfermagem gasto e tempo de permanência dos pacientes internados de acordo com cada técnica; 2) quadros de infecção de pele e partes moles e principais microrganismos encontrados nospacientes infectados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAULELA, DEBORA CRISTINA; MANGINI BOCCHI, SILVIA CRISTINA; MONDELLI, ALESSANDRO LIA; MARTIN, LUIZ CUADRADO; SOBRINHO, ADRIANA REGINA. Effectiveness of bag bath on microbial load: clinical trial. Acta Paulista de Enfermagem, v. 31, n. 1, p. 7-16, JAN-FEB 2018. Citações Web of Science: 0.
DÉBORA CRISTINA PAULELA; SILVIA CRISTINA MANGINI BOCCHI; ALESSANDRO LIA MONDELLI; LUIZ CUADRADO MARTIN; ADRIANA REGINA SOBRINHO. Eficácia do banho no leito descartável na carga microbiana: ensaio clínico. Acta Paulista de Enfermagem, v. 31, n. 1, p. -, Fev. 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.