Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação das propriedades físicas de cimentos endodônticos experimentais à base de MTA e uma resina de salicilato

Processo: 15/19887-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2016 - 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Rafael Pino Vitti
Beneficiário:Rafael Pino Vitti
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Pesq. associados:Mário Alexandre Coelho Sinhoreti
Assunto(s):Biomateriais  Microinfiltração marginal  Resistência de união (odontologia)  Hidroxiapatita 

Resumo

Estudos mostram que a composição de cimentos endodônticos à base de cálcio pode ser alterada para melhorar suas propriedades físicas, químicas e biológicas. O objetivo neste estudo será desenvolver e avaliar propriedades físicas de três cimentos obturadores experimentais à base de MTA e uma resina de salicilato. Os cimentos endodônticos experimentais serão compostos por duas pastas. A pasta base será preparada com óxido de bismuto e 1,3-butilenoglicol dissalicilato. Três diferentes pastas catalisadoras serão formuladas contendo (1) Resimpol 8 (RP8), dióxido de titânio (TiO2) e agregado de trióxido mineral (MTA); (2) RP8 + MTA + hidroxiapatita (HA) e; (3) RP8 + MTA + fosfato dibásico de cálcio diidratado (DCPD). MTA Fillapex (Angelus) será utilizado como controle. O 1,3-butilenoglicol dissalicilato será sintetizado por meio de uma reação de transesterificação e caracterizado por Espectroscopia de Infravermelho Transformada de Fourier (FTIR). Os cimentos experimentais serão pesados e proporcionados por meio de uma balança analítica. Dentes humanos e bovinos serão utilizados para avaliação de diversas propriedades físicas, tais como resistência de união ao teste de push-out, preenchimento dos canais radiculares por meio microtomografia computadorizada, adesão e adaptação da interface cimento-dentina utilizando microscopia confocal, descoloração dos cimentos mediante espectrofotômetro, microestrutura dos cimentos por microscópio eletrônico de varredura e a espessura do filme utilizando a norma ISO 6876:2001. Os resultados serão submetidos ao teste de Kolmogorov-Smirnov para avaliar a normalidade e os dados serão analisados estatisticamente por meio da análise de variância com um fator (ANOVA-one way), sendo as médias comparadas teste de Tukey (p<0,05). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.