Busca avançada
Ano de início
Entree

Meta-heurísticas adaptativas com calibração automática de parâmetros para desenvolvimento de um sistema de planejamento e gestão de serviços municipais, integrado com geolocalização e dispositivos móveis

Resumo

Nossas cidades, em geral, não possuem sistemas informatizados para o atendimento de serviços municipais, como manutenção e poda de árvores, manutenção de vias públicas, remoção de resíduos especiais, limpeza de bueiros e outros. Em sua grande maioria, as Secretarias de Serviços Municipais recebem as demandas de serviços da população através de chamadas telefônicas. Para o planejamento adequado de atendimento, muitos fatores precisam ser levados em consideração, como a priorização quanto à urgência de atendimento, distância e tempo de deslocamento, tempo de realização da tarefa e capacidade de atendimento diário, não sendo possível para um operador humano realizar todas as análises necessárias para a definição do melhor planejamento. Adicionalmente, em situações de emergência, como por exemplo eventos de chuva forte que provoquem alagamentos e queda de árvores, as demandas urgentes da população concorrem com as demandas habituais, piorando a eficiência do atendimento. Concernente a este tema, a Geoambiente desenvolveu em 2015, um sistema de atendimento e despacho de equipes para a AMPLA Energia, empresa distribuidora de energia no Estado do Rio de Janeiro; o sistema combina modelagem heurística e geolocalização, calculando rotas otimizadas e computando atendimentos e equipes de serviços. O sistema teve grande repercussão na melhoria do atendimento junto aos clientes da empresa. Analisando a situação de cidades de porte médio a grande, identificamos que o sistema desenvolvido para o setor elétrico pode ser aperfeiçoado e adaptado para o atendimento à Serviços Municipais, mas para garantir o seu sucesso, há a necessidade de o algoritmo definir de forma automatizada os parâmetros para a sua execução. Isso porque, nas cidades e no atendimento aos serviços municipais, é necessário a utilização de diferentes parâmetros dependendo dos dados de entrada e, na maioria das vezes, o quadro de funcionários municipais não tem o preparo de engenharia necessários à calibragem de parâmetros de entrada para o sistema operar; dessa forma, com esta melhoria no software, o tomador de decisão não precisaria se preocupar em parametrizar o sistema de acordo com as mudanças dos dados de entrada (diariamente ou em situações específicas de emergência), pois o algoritmo pretendido se adapta durante o processo de busca. Isso posto, este projeto de Pesquisa, propõe: *o desenvolvimento de um método híbrido que seja eficiente e robusto para as necessidades de gestão do atendimento dos serviços municipais *a automatização da calibração dos parâmetros de execução do método, com a introdução de algoritmos para calibragem automática de cada instância executada. Esta tecnologia visa prover parametrização automática ao sistema, de acordo com as mudanças de cenário presentes no dia a dia e principalmente em cenários de crise, sendo este um dos desafios científicos do projeto. Pretende-se que o sistema desenvolvido possa ser amplamente utilizado por qualquer município do país, sem a necessidade de grande esforço para a sua calibração e sem a necessidade de mão de obra especializada no município. A integração com base de dados do Google, contribuirá para o uso disseminado do sistema, pois todas as cidades estão cobertas por esta base de dados; a oferta do software como serviço (SaaS), facilitará a sua aquisição por prefeituras de diversos portes, pois o pagamento será definido em conformidade com o uso; a interação com dispositivos móveis, aliada à parametrização automática do sistema, possibilitará a interação quase em tempo real com o cidadão e atendimento a pedidos de emergência. Todos estes pontos contribuem para a economia de recursos das prefeituras, a eficiência no atendimento de demandas da população e sua inserção no conceito de cidades inteligentes. (AU)