Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sensores compósitos para a detecção direta de carboidratos e compostos fenólicos derivados do processo de hidrólise ácida de materiais lignocelulósicos de cana-de-açúcar

Processo: 17/09123-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Leonardo Lataro Paim
Beneficiário:Leonardo Lataro Paim
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rosana. Rosana , SP, Brasil
Assunto(s):Bioetanol  Compostos fenólicos  Carboidratos  Polimerização  Nanotubos de carbono  Hidrólise  Cana-de-açúcar 

Resumo

O aproveitamento energético e químico da biomassa se dá através de plataformas tecnológicas complexas, as quais dependem, por sua vez, do tipo de matéria-prima e da eficiência adequada dos processos de conversão. A caracterização da composição da biomassa é altamente relevante para a otimização de processos de produção do etanol lignocelulósico. Tendo em vista a grande importância da caracterização composicional da biomassa aliado à necessidade de desenvolver novos métodos de determinação rápidos, sensíveis e seletivos, o presente projeto tem por objetivo o desenvolvimento de sensores eletroanalíticos utilizando eletrodos com substratos compósitos de grafite e nanotubos de carbono modificados com polímeros molecularmente impressos (MIPs) para a utilização na determinação direta de carboidratos e compostos fenólicos, tais como, glicose, xilose, arabinose, ácido ferúlico e ácido 4-hidroxibenzóico, em hidrolisados ácidos de materiais lignocelulósicos de cana-de-açúcar. Os MIPs serão sintetizados pelo método de eletropolimerização para a formação de um sistema de compósito de MIP/nanomaterial. Para esta finalidade, serão utilizados eletrodos compósitos de grafite com nanotubos de carbono de paredes múltiplas (MWCNT), como substrato, para eletrodeposição dos filmes poliméricos de o-fenildiamina e anilina. Os sensores, constituídos por MIP e compósito de grafite/MWCNT deverão apresentar uma alta seletividade com boa sensibilidade e reprodutibilidade, além de possibilitar a aplicação direta nos hidrolisados do material lignocelulósico de cana de açúcar, com grande possibilidade de análises rápidas e diretas de carboidratos e compostos fenólicos em sistemas miniaturizados e portáteis. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUSA, MIGUEL S. P.; DE SA, ACELINO C.; DE OLIVEIRA, JOAO P. J.; DA SILVA, MICHAEL J.; SANTOS, RENIVALDO J.; PAIM, LEONARDO L. Impedimetric Sensor for Pentoses Based on Electrodeposited Carbon Nanotubes and Molecularly Imprinted poly-o-phenylenediamine. ECS JOURNAL OF SOLID STATE SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 9, n. 4 APR 13 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.