Busca avançada
Ano de início
Entree

Remoção de Íons Metálicos de Água de Enxágue da Galvanoplastia por Meio da Eletrodeposição para Formação de Ligas Metálicas Resistentes à Corrosão

Processo: 17/24887-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2018 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Ambrósio Florêncio de Almeida Neto
Beneficiário:Ambrósio Florêncio de Almeida Neto
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Thayane Carpanedo de Morais Nepel
Assunto(s):Eletrodeposição  Ligas metálicas  Engenharia ambiental  Resistência à corrosão 

Resumo

A água de enxágue da indústria de bijuteria é uma problemática devido à elevada concentração de metais tóxicos que possui, podendo causar grandes prejuízos ambientais se descartada indevidamente nos corpos hídricos, além de danificar a rede de esgoto e provocar a deterioração do solo, dependendo do tratamento realizado. Por isso, diferentes tratamentos têm sido aplicados à água de enxágue com o objetivo de remover esses metais, porém os tratamentos comumente aplicados envolvem a precipitação desses metais e o direcionamento dos mesmos para aterros sanitários. Dessa forma, é muito importante e benéfico para o ambiente e à sociedade o desenvolvimento de alternativas para remoção desses metais, com técnicas que promovam sua reutilização, como a técnica eletroquímica de eletrodeposição. Neste cenário, este projeto tem como objetivo a obtenção de recobrimentos metálicos por meio da eletrodeposição dos metais presentes na água de enxágue da indústria de bijuterias. Assim, diferentes metodologias de eletrodeposição serão avaliadas, objetivando o aperfeiçoamento da eficiência de eletrodeposição e máxima remoção dos metais da água de enxágue. Os recobrimentos obtidos serão caracterizados em relação à cristalinidade, morfologia e composição, respectivamente, pelas técnicas de Difração de Raios X e Microscopia Eletrônica de Varredura com Energia dispersiva de Raios X. Além dessas caracterizações físico-químicas, a aderência e a resistência à corrosão dos recobrimentos metálicos serão avaliadas. Os estudos de resistência à corrosão serão realizados por meio dos ensaios eletroquímicos de polarização linear e espectroscopia de impedância eletroquímica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NEPEL, THAYANE CARPANEDO DE MORAIS; COSTA, JOSIEL MARTINS; VIEIRA, MELISSA GURGEL ADEODATO; DE ALMEIDA NETO, AMBROSIO FLORENCIO. Copper removal kinetic from electroplating industry wastewater using pulsed electrodeposition technique. ENVIRONMENTAL TECHNOLOGY, JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
DE MORAIS NEPEL, THAYANE CARPANEDO; LANDERS, RICHARD; ADEODATO VIEIRA, MELISSA GURGEL; DE ALMEIDA NETO, AMBROSIO FLORENCIO. Metallic copper removal optimization from real wastewater using pulsed electrodeposition. JOURNAL OF HAZARDOUS MATERIALS, v. 384, FEB 15 2020. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.