Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos evolutivos e filogenéticos das luciferases de Lampyridae e outros Cantharoidea (Coleoptera: Elateroidea) do Brasil

Processo: 05/00317-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Vadim Viviani
Beneficiário:Frederico Gonzalez Colombo Arnoldi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Auxílio(s) vinculado(s):05/00696-9 - Luciferase de Macrolampis sp como gene repórter dual em biosensores simultâneos de expressão gênica e variações de intracelulares de pH, concentrações de fosfato e cátions divalentes de metais pesados, AP.PAPI
Assunto(s):Bioluminescência

Resumo

A partir dos coleópteros luminescentes, 20 luciferases já foram clonadas e sequenciadas. Dessas, dez são de lampirídeos das regiões Neártica e Paleártica, quatro de elaterídeos Jamaicanos e uma de fengodídeo asiático. Apenas as outras cinco são oriundas da América do Sul, o continente mais rico em espécies de coleópteros luminescente e o provável berço evolutivo da maior família de coleóptero luminescentes. Estas últimas apresentam a maior variedade de cores de bioluminescência. Através de técnicas de Biologia Molecular pretende-se então clonar e sequenciar luciferases do gêneros Amydetes, Aspisoma, Lucidota e Pyrogaster da família Lampyridae e outros membros da superfamília Elateroidea assim como determinar sequencias de DNA mitocondrial com o objetivo de dar mais um passo no processo de esclarecimento das relações filogenéticas e da evolução da bioluminescência nos coleópteros luminescentes. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREDERICO GONZALEZ COLOMBO ARNOLDI. Aspectos evolutivos da bioluminescência de elateroidea (coleoptera) do Brasil. 2009. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.