Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisao sistematica dos homalonotidae (trilobita, phacopida), formacao ponta grossa (devoniano), sub-bacia apucarana, estado do parana.

Processo: 05/00791-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 30 de setembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Marcello Guimarães Simões
Beneficiário:Sabrina Pereira Soares
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tafonomia   Paleontologia de invertebrados   Devoniano   Sistemática   Bacia do Paraná

Resumo

Embora bem conhecidos desde a clássica monografia de Clarke (1913), os avanços ocorridos na sistemática dos trilobites do Devoniano da Bacia do Paraná, Formação Ponta Grossa, Sub-bacia Apucarana, estão restritos aos Calmoniidae. Nesse estudo, serão revisados, pela primeira vez, os trilobites Homalonotidae, os quais são comuns em rochas da Seqüência B (litoestratigraficamente correspondentes ao Membro Jaguariaíva). O estudo estará fundamentado no exame de espécimes já disponíveis pertencentes às coleções cientificas do Departamento de Zoologia, do IBB/UNESP, do GSA/USP, do Lab. de Geociências da UNG e do material tipo depositado no DNPM, RJ, bem como de novos achados provenientes do afloramento Francelina (PG). Tal afloramento, recentemente descoberto, é constituído por siltitos com intercalções de arenitos finos, da base da Seqüência B, sendo ricamente fossilífero em trilobites homalonotídeos. A revisão sistemática proposta é necessária face ao avanço ocorrido, nas últimas décadas, relativas à morfologia, afinidades e distribuição vertical e paleoambiental dos Homalonotidae. Porém, o conhecimento disponível para o grupo, na Bacia do Paraná, permanece fundamentado nos dados de Clarke (1913). Em outras palavras, as poucas descrições disponíveis do material paranaense são antigas, desatualizadas e incompletas. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivos gerais: a- revisar a sistemática dos trilobites Homalonotidae da Formação Ponta Grossa, b- verificar a diversidade da fauna desses trilobites, já que Clarke (1913) descreve apenas uma espécie [Burmeisteria notica (Clarke, 1913)] e, c- comprovar ou não a afirmação de que os Homalonotidae são importantes para a correlação, identificação de fácies neríticas, e de que podem ser bons fósseis-índice (Tomczykowa, 1975a, b). Em parte, tais afirmativas podem ser checadas, comparando-se os dados já disponíveis para as seções do município de Jaguariaíva, cuja distribuição vertical e paleoambiental dos trilobites é bem conhecida, a partir do estudo de Ghilardi (2004), com aquela dos sedimentitos coevos da região de Ponta Grossa, atualmente em estudo. Já os objetivos específicos incluem: a- re-descrição de Burmeisteria notica, e b- identificação de novos gêneros e espécies de Homalonotidae, conforme indicado pelo estudo preliminar de (Soares, 2004).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SIMOES, MARCELLO GUIMARAES; LEME, JULIANA DE MORAES; SOARES, SABRINA PEREIRA. SYSTEMATICS, TAPHONOMY, AND PALEOECOLOGY OF HOMALONOTID TRILOBITES (PHACOPIDA) FROM THE PONTA GROSSA FORMATION (DEVONIAN), PARANA BASIN, BRAZIL. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 12, n. 1, p. 27-42, JAN-APR 2009. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.