Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcadores luminescentes: nanoparticulas modificadas com luminoforos.

Processo: 07/55078-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Sidney José Lima Ribeiro
Beneficiário:Adriana Pereira Duarte
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Citometria de fluxo   Luminescência   Nanotecnologia   Elementos da série dos lantanídeos

Resumo

Associar a luminescência de íons Lantanídeos com as propriedades físico-químicas de nanopartículas abre novos caminhos na obtenção de marcadores luminescentes para a identificação biomolecular. As nanopartículas desempenham um excelente papel como matriz, isolando os íons ativos de perturbações externas (diminuindo o processo de supressão de luminescência) e a modificação da sua superfície, via funcionalização, torna estes novos materiais biocompatíveis e favorece a miscibilidade em meio aquoso. Já os íons lantanídeos são interessantes para aplicações resolvidas no tempo. Na prática luminóforos ideais utilizados em immunoensaios devem apresentar tempo de meia vida maior que 50ns, e isso não é tão comum. Em complexos de európio e térbio, o tempo de vida da luminescência é da ordem de milisegundos, o que associado com a resolução temporal no tratamento do sinal leva a um aumento significativo na razão sinal/ ruído. Neste trabalho será desenvolvida, através da metodologia de processamento de pirólise de aerossóis, a síntese de nanopartículas Al203 luminescentes com interessante aplicação em immunoensaios. As partículas contendo íons Lantanídeos e seus complexos, terão sua luminescência estudada e a biocompatibilidade destes materiais será obtida pela funcionalização de sua superfície. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DUARTE, Adriana Pereira. Híbridos luminescentes à base de sílica e complexos de európio : ferramenta para análise em meio biológico. 2012. 203 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.