Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma célula acústica para estudo das propriedades visco-elásticas de fluidos

Processo: 07/02787-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Antonio Adilton Oliveira Carneiro
Beneficiário:Thiago Wellington Joazeiro de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ultrassom

Resumo

A força de radiação acústica tem sido utilizada como o método de examinar propriedades físicas em diversas áreas. A vibro-acustografia é uma técnica que está sendo empregada para realizar análises de propriedades visco-elásticas de materiais. Esta técnica consiste na aplicação de força acústica modulada e focalizada na região de interesse. O alvo excitado irá vibrar na freqüência de modulação e o som emitido é característico da impedância mecânica do meio. Este som é detectado usando um hidrofone dedicado. Neste projeto, estamos propondo uma modificação nesta técnica de vibro-acustografia substituindo o hidrofone por um sensor magnético de alta sensibilidade. Neste caso, a radiação acústica modulada será aplicada sobre um alvo magnetizado imerso no fluido em estudo. Com este procedimento, poder-se-á medir o deslocamento estático e dinâmico do alvo magnético (esfera) quando acusticamente excitado. Conhecendo-se a força aplicada e o deslocamento do alvo, pode-se determinar os parâmetros visco-elásticos do fluido.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALMEIDA, Thiago Wellington Joazeiro de. Desenvolvimento de uma célula acústica para análise de propriedades viscoelásticas de fluidos. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.