Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação alimentar com cromo trivalente e parede celular de Saccharomyces cerevisiae sobre a imunidade inata de tilápias do Nilo Oreochromis niloticus criadas em tanques-rede

Processo: 08/05908-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Flávio Ruas de Moraes
Beneficiário:Marcello Pardi de Castro
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Imunidade inata   Suplementos alimentares para animais   Inflamação   Saccharomyces cerevisiae   Tilápia-do-Nilo   Citometria de fluxo   Oreochromis niloticus
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Citometria de fluxo | Cromo trivalente | Inflamação | Saccharomyces cerevisiae | suplementação | tilápia do Nilo | Imunidade Inata

Resumo

A piscicultura intensiva utiliza o sistema de tanques-rede para obter maior produtividade tornando os peixes mais susceptíveis a doenças. O uso de estimulantes biológicos ou sintéticos para os mecanismos de defesa são interessantes e estão se tornando freqüentes. Assim este projeto tem por objetivo avaliar a resposta inflamatória e determinar a cinética de seus componentes, testando o cromo trivalente e a parede celular da levedura (Saccharomyces cerevisiae), como moduladores da resposta imune inata. Para alcançar os objetivos propostos, tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) criadas em sistema de tanques-rede serão alimentadas com dietas suplementadas com 0,3% de parede celular de levedura e 18mg/kg de cromo trivalente ou sua associação, durante 120 dias. Para tanto os peixes serão distribuídos em DIC e parcelas subdivididas com duas repetições, sendo testados quatro tratamentos: T1= controle; T2= suplementação com 18 mg/kg de cromo trivalente; T3= suplementação com 0,3% de parede celular de Saccharomyces cerevisiae; T4= suplementação com 18 mg/kg de cromo trivalente e 0,3% de parede celular de Saccharomyces cerevisiae. Após o período de alimentação uma parcela dos peixes de cada tratamento será submetida à inoculação na bexiga natatória de Streptococcus agalactiae para indução do processo inflamatório, onde serão quantificados as populações de células acumuladas e determinadas a atividade fagocítica e explosão respiratória dos fagócitos com o auxílio da citometria de fluxo. Além disso, será investigada a possível interação do incremento da resposta imune inata com o desempenho produtivo, parâmetros hematológicos como cortisol plasmático e glicemia, histopatologia e taxa de sobrevivência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CASTRO, Marcello Pardi de. Desempenho zootécnico e inflamação aguda em tilápias do Nilo alimentadas com dieta suplementada com carboquelato de cromo e parede celular de Saccharomyces cerevisiae. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.