Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da angiogênese e da expressão temporal da VEGF e do seu receptor VEGFR-1/Flt-1 e VEGFR-2/Flk-1 durante o reparo ósseo alveolar normal e com uso terapêutico de um anti-inflamatório não esteroidal seletivo para COX-2 em ratos

Processo: 09/11333-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Rumio Taga
Beneficiário:Ricardo Vinicius Nunes Arantes
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Fatores de crescimento do endotélio vascular   Reparo ósseo   Biologia oral   Angiogênese

Resumo

A formação e o desenvolvimento de uma microvasculatura ativa é um estágio essencial para a remodelação e o reparo ósseo. Dentre os principais fatores relacionados ao controle da angiogênese destaca-se o fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) que atualmente, tem sido proposto como uma molécula sinalizadora na comunicação entre as células endoteliais e os osteoblastos. Por outro lado, as prostaglandinas (PGs) oriundas do ácido araquidônico pela catálise da cicloxigenase (COX) em resposta ao processo inflamatório, injúria e estresse mecânico regulam a angiogênese e a formação óssea. As PGs estimulam osteoblastos e fibroblastos, a expressarem o VEGF que por sua vez tem efeito parácrino sobre as células endoteliais e sobre os precursores de osteoblastos. Os efeitos terapêuticos das drogas antiinflamatórias não esteroidal (AINEs), usadas no controle do edema, febre, e dor, estão relacionadas ao seu efeito inibitório da COX-2. Muitos relatos na literatura têm demonstrado o efeito negativo da administração crônica dos AINES no processo de reparo ósseo. Já, na odontologia, os AINES são amplamente utilizados na terapia de controle da dor aguda após a exodontia e seu efeito na angiogênese e ossificação tem sido pouco estudada. Portanto, no atual trabalho propomo-nos avaliar morfometricamente o processo de reparo ósseo alveolar pós-exodontia correlacionando-o com a expressão temporal do VEGF e de seus receptores VEGFR/Flt-1 e VEGFR2/Flk-1 com ou sem o uso terapêutico de um AINE. Para tanto, a exodontia do incisivo superior esquerdo será realizado em 180 ratos (Rattus norvegicus) Wistar, machos, com 60 dias de idade, subdivididos em dois grupos: 1) Grupo controle (n=90) - os animais receberão injeção intraperitoneal diária de 0,1 ml de solução salina 0,9% diariamente, durante 7 dias; e 2) Grupo tratado (n = 90) - os animais receberão uma dose diária de injeção intraperiotoneal 3mg/kg de massa corporal de Meloxican em solução salina 0,9% diariamente, durante 7 dias. Após os períodos experimentais de 3, 7 e 10, 14, 21 e 30 dias, os alvéolos serão cuidadosamente coletados, sendo que, 5 alvéolos serão fixados em formol à 10% em tampão fosfato e processados histologicamente para as análises morfométrica e imuno-histoquímica, 5 alvéolos serão triturados e imersos em Trizol® para avaliação da expressão dos RNAms do VEGF e seus receptores pelo Real Time-PCR e 5 alvéolos serão triturados e congelados à -80ºC e, subsequentemente, para avaliação protéica do VEGF e seus receptores pelo western blotting. Nas análises serão avaliados: a) morfometricamente a densidade de volume dos vasos sanguíneos e do tecido ósseo neoformado e a sua correlação com a expressão tecidual do VEGF e de seus receptores; b) temporal e espacialmente os tipos celulares imunomarcados contra o VEGF e seus receptores; c) a cinética do número de células imunomarcadas/mm2 do alvéolo contra o VEGF e seus receptores e a expressão dos seus RNAms por Real Time-PCR; e d) as possíveis modificações no padrão de expressão protéica do VEGF e seus receptores pelo Western blotting. A comparação entre os grupos permitirá testar a nossa hipótese de que o uso do Meloxicam durante o tratamento da dor aguda pós operatório pode influenciar negativamente na COX-2, retardando o reparo ósseo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES ARANTES, RICARDO VINICIUS; CESTARI, TANIA MARY; VISCELLI, BRUNO ALVARES; DIONISIO, THIAGO JOSE; GARLET, GUSTAVO POMPERMAIER; SANTOS, CARLOS FERREIRA; DE ASSIS, GERSON FRANCISCO; TAGA, RUMIO. Meloxicam Temporally Inhibits the Expression of Vascular Endothelial Growth Factor Receptor (VEGFR)-1 and VEGFR-2 During Alveolar Bone Repair in Rats. Journal of Periodontology, v. 86, n. 1, p. 162-172, 2015. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.