Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégia supramolecular de modificação de polímeros com azul da Prússia e análogos

Processo: 09/11903-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:André Luiz Barboza Formiga
Beneficiário:Sergio Augusto Venturinelli Jannuzzi
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química supramolecular   Química de coordenação

Resumo

Recentes investigações em nanotecnologia têm aberto possibilidades para o desenvolvimento de novos materiais com propriedades até então não conhecidas. A química supramolecular surge nesse cenário como uma interessante abordagem bottom-up para síntese de materiais. Com ela, propriedades de sistemas moleculares nanométricos podem ser transferidas para uma matriz contínua na medida em que se compreende como as moléculas interagem entre si. A química de coordenação fornece sistemas de propriedades diversas em que as ligações entre núcleos metálicos e seus ligantes são bem conhecidas. Tais sistemas podem ser usados como bloco de construção de arquiteturas supramoleculares multifuncionais ao serem incorporados em matrizes poliméricas. Polímeros contendo heteroátomos em sua estrutura permitem sua coordenação a um íon de metal de transição, produzindo-se assim materiais híbridos que combinam as funcionalidades dos metais de transição com a processabilidade das macromoléculas.Cianoferratos são complexos que reúnem diversas características interessantes, tais como propriedades eletrocatalíticas, eletrocrômicas, fotoquímicas, e de sensoriamento químico. Tal complexo permite a formação de compostos de coordenação polinucleares de fórmula M[Fe(CN)6-mLm]n-, que podem se tratar do azul da Prússia (M=Fe(II)) ou de seus análogos (M = outro íon de metal de transição). L é um ligante lábil que permitirá coordenação de macromoléculas. Cianoferratos serão combinados com poli(4-vinilpiridina), poli(álcool vinílico) e outros polímeros através de simples mistura em solução. Os materiais serão caracterizados bilateralmente, tanto sob a óptica da química de coordenação quanto da físico-química de polímeros. É prevista também utilização de métodos computacionais para simulação de propriedades dos materiais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENTURINELLI JANNUZZI, SERGIO AUGUSTO; MARTINS, BIANCA; FELISBERTI, MARIA ISABEL; BARBOZA FORMIGA, ANDRE LUIZ. Supramolecular Interactions between Inorganic and Organic Blocks of Pentacyanoferrate/Poly(4-vinylpyridine) Hybrid Metallopolymer. Journal of Physical Chemistry B, v. 116, n. 51, p. 14933-14942, DEC 27 2012. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JANNUZZI, Sergio Augusto Venturinelli. Metalopolímero de pentacianoferrato e poli(4-vinilpiridina) : síntese, caracterização e aplicação na produção de estruturas automontadas. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.