Busca avançada
Ano de início
Entree

Variabilidade do sistema de monções de verão durante o Holoceno na Região Centro-Oeste do Brasil, com base em registros paleoclimáticos de espeleotemas

Processo: 09/12902-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Francisco William da Cruz Junior
Beneficiário:Marcos Saito de Paula
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/06761-0 - Paleoclima do quaternário tardio brasileiro a partir das razões isotópicas de oxigênio e carbono em espeleotemas, AP.JP
Assunto(s):Paleoclimatologia   Espeleotemas   Holoceno   Isótopos estáveis

Resumo

O presente plano de pesquisa tem como objetivo investigar mudanças paleoclimáticas ocorridas nos últimos 10 mil anos, durante o Holoceno, nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O estudo é baseado nos registros de alta resolução das variações das razões isotópicas de oxigênio e carbono e também nas análises da espessura e frequência de laminações de espeleotemas, precisamente datadas pelo método U/Th.Pretende-se investigar os principais eventos e ciclos climáticos de alta freqüência interpretados a partir das variações isotópicas e microestratigráficas de registros de espeleotemas, com a utilização de elementos estatísticos de séries temporais. Primeiramente, se fará uma comparação desses registros em escala regional, tendo em vista testar a consistência das variações climáticas ao longo do tempo, a partir de dados de espeleotemas de três áreas cársticas no Centro-Oeste brasileiro. Uma vez confirmada a reprodutibilidade dos registros, será discutida sua possível relação com a variação de paleopluviosidade relacionada à atividade das Monções Sul-Americanas de Verão (MSA), com fenômenos climáticos originados nos oceanos Atlântico e Pacífico. Para isso, serão feitas comparações com dados climáticos de registros intrumentais de pluviosidade e com outros registros geológicos de alta resolução em espeleotemas, testemunhos marinhos e de gelo, entre outros disponíveis. Dentre os fenômenos climáticos a serem investigados destacam-se o El Niño-Oscilação Sul (ENOS), Oscilação do Atlântico Norte (OAN) e Oscilação Multidecadal do Pacífico (ODP). Além dessas oscilações, será também investigada a influência de anomalias climáticas durante o período correspondente ao Aquecimento Medieval e a Pequena Era do Gelo nas variações de chuvas no Brasil. O projeto já conta com uma bom conjunto de amostras coletadas na região centro-oeste, preliminarmente datadas pelo método U/Th, que possibilitarão a aquisição de perfis com resolução. A presente proposta insere-se nas atividades de pesquisa desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa em Dinâmica de Sistemas Cársticos (Grupo de Pesquisa CNPq), com apoio da FAPESP, CNPq e cooperações internacionais com grupos de pesquisas nos Estados Unidos e França.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.