Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de reconhecimento multibiométrico combinando face e íris

Processo: 10/04997-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Gustavo Ferreira Cardoso de Sá
Beneficiário:Gustavo Ferreira Cardoso de Sá
Empresa:Veridis Tecnologia da Informação Ltda
Vinculado ao auxílio:09/50709-0 - Sistema de reconhecimento multibiométrico combinando face e íris, AP.PIPE
Assunto(s):Processamento de imagens   Biometria   Íris

Resumo

Nesta Fase I do projeto, dado o período de apenas 6 meses, serão implementados os módulos bases do reconhecimento da face e da íris. Estes protótipos servirão como base do algoritmo final (na possível Fase II), além de confirmar a viabilidade técnica do projeto. A) Reconhecimento Facial - será implementado o módulo central do reconhecimento facial utilizando o método EBGM. Este módulo inclui as etapas de normalização da imagem, extração do vetor de características e casamento dos modelos. As etapas de localização da face e dos olhos serão implementadas em um momento posterior (Fase II). Dada uma imagem da face e as coordenadas dos olhos, o algoritmo realiza uma transformação afim da face posicionando os olhos em coordenadas predeterminadas, após isto o vetor de características é extraído por um banco de filtros Gabor. Esta atividade também inclui a aquisição de base de dados pública (FERET, X2VTS), marcação dos olhos nas imagens, criação de conjuntos de treinamento e teste. Os resultados obtidos serão comparados com resultados apresentados na literatura, para comprovar a eficácia do método e da implementação. Melhorias neste módulo serão pesquisadas e aplicadas na Fase II. B) Reconhecimento da Íris - será implementado o módulo central do reconhecimento da íris utilizando o método do iriscode. Este módulo inclui as etapas de segmentação da íris, normalização da imagem, extração do vetor de características e casamento dos modelos. Dada uma imagem do olho, o algoritmo realiza a segmentação da íris, que sofre uma transformação afim, esta imagem normalizada é convoluída com filtros Gabor, gerando o vetor de características, deste vetor é criado o iriscode usado no casamento. Esta atividade também inclui a aquisição de base de dados pública (CASIA, Ubiris), criação de conjuntos de treinamento e teste. Os resultados obtidos serão comparados com resultados apresentados na literatura, para comprovar a eficácia do método e da implementação. Melhorias neste módulo serão pesquisadas e aplicadas na Fase II. C) Dispositivo de Captura - serão pesquisadas modelos de câmeras que melhor se adequam ao projeto. Serão realizados testes com câmeras próximas ao infravermelho avaliando a qualidade da imagem obtida. D) Placa-Mãe - estudo das opções do mercado para o desenvolvimento da placa-mãe. Serão avaliadas dois tipos de plataforma: uma baseada em ARM e outra baseada em FPGA. Serão levados em conta neste estudo o custo de fabricação e o desempenho do sistema. E) Documentação do Projeto: relatórios descrevendo os processos e a abordagem adotada. Escrita de artigos acadêmicos e técnicos. Participação em eventos científicos e tecnológicos. (AU)