Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de impressões faciais termais utilizando a Transformada Imagem Floresta

Processo: 09/12437-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:João Paulo Papa
Beneficiário:Daniel Osaku
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Segmentação de imagens   Biometria   Processamento de imagens

Resumo

Muito embora a impressão digital seja a técnica de reconhecimento biométrico mais utilizada, esta abordagem é muito sensível a imperfeições nos dedos, sejam elas congênitas ou adquiridas com o passar do tempo. O reconhecimento através da íris é uma alternativa, embora sistemas deste porte ainda possuam um elevado custo, sendo também bastante desconfortáveis para o usuário. Outras abordagens têm utilizado o reconhecimento facial como uma alternativa, pois é uma técnica pouco invasiva. Entretanto, tais sistemas são muito sensíveis a variações de luminosidade e oclusões na face. Assim sendo, imagens faciais termais têm sido empregadas, pois a temperatura nas diversas partes do rosto humano permitem caracterizar uma determinada pessoa. Entretanto, problemas de saúde que acarretam algum tipo de alteração da temperatura corpórea provocam alterações na imagem termal capturada. Estudos recentes têm proposto obter uma assinatura de uma pessoa determinando as regiões isotérmicas de sua face, com o intuito de definir uma impressão facial termal. A presente proposta de pesquisa objetiva a melhoria de tais técnicas, que vão desde a segmentação da face até a obtenção das regiões isotérmicas e classificação das imagens utilizando, para tal, uma abordagem de processamento de imagens baseada em grafos, denominada Transformada Imagem Floresta, a qual tem sido amplamente utilizada com sucesso em todas as etapas necessárias para a implementação de um sistema nesse contexto, mas ainda não empregada para este fim.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OSAKU, Daniel. Caracterização de impressões faciais termais utilizando a transformada imagem floresta. 2011. 56 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.